Siga nossas redes sociais

Outros Games

As 10 Organizações de eSports que mais faturaram em 2019

Publicado

em

Desde a ascensão dos famosos eSports, jogar vídeo game deixou de ser uma simples brincadeira. As competições são eventos magnânimos, com altas premiações em jogo. Em 2019, League of Legends bateu recordes de audiência, o The International (competição de Dota 2) ofereceu a maior premiação da história dos eSports e o mundial de Fortnite criou alguns novos milionários.

Aliás, quantias que superam a casa dos milhões já se tornaram comuns nesse universo que tanto amamos. Para provar isso, resolvi criar uma lista que irá lhe apresentar as 10 organizações de eSports que mais faturaram no ano de 2019.

Segundo os dados, as competições de eSports ofereceram mais de 200 milhões de dólares em seus milhares de torneios. Curiosamente, uma boa parte desses milhões ficou nas mãos do seleto grupo que você vai ficar conhecendo neste post. Vamos ver essa lista?

FaZe Clan

A FaZeClan é uma organização que possui forte presença nas redes sociais, arrebatando seguidores de uma forma assustadora. Contudo, além de ser um dos times de eSports com mais seguidores no mundo, a FaZe também fez bonito nas competições deste ano.

Participando de eventos relacionados a Fortnite, PUBG e CS:GO, a FaZe alcançou o total de US$ 3.16 milhões em ganhos com premiações. Sim, é um valor respeitável. Porém, esse valor credencia a equipe para ficar “apenas” na décima posição do ranking…

Sentinels

Na nona posição do ranking das organizações de eSports que mais faturaram em 2019, temos a equipe Sentinels. Esse time pode ser considerado o “azarão” de 2019, já que seu sucesso não era esperado. Na verdade, a equipe Sentinels deve muito ao player Kyle “Bugha” Giersdorf, que foi o campeão, na categoria Solo, da Copa do Mundo de Fortnite.

Apesar de a equipe ter conquistado alguns milhares de dólares em competições de Apex Legends e na TwitchCon, foi a premiação no mundial de Fortnite que a colocou na nona posição do ranking. No total, a Sentinels acumulou US$ 3.26 milhões em 2019.

Team Secret

Mesmo ficando na quarta posição no The International, a Team Secret acumulou mais US$ 2 milhões. Esse resultado, somado à participação em outras competições de grande expressão, ajudou a equipe a acumular o total de US$ 3.31 milhões.

Curiosamente, a Team Secret só anunciou a expansão para outros jogos recentemente. Isto é, os valores foram todos conquistados nas competições de Dota 2. E essa é uma prova clara do poder do game da Valve dentro do mundo dos eSports.

Gen.G

A Gen.G, que é muito conhecida por sua poderosa equipe de League of Legends, fez bonito em 2019, mas não foi no jogo citado. O time foi o campeão mundial de PUBG e, somente com esse torneio, acumulou US$ 2.2 milhões.

Ao longo do ano de 2019, além do mundial de PUBG, a equipe conquistou diversas premiações em jogos como League of Legends, Call of Duty, Overwatch e Fortnite. No fim das contas, a Gen.G fechou o ano com US$ 3.45 milhões em seu cofres. Para 2020, a equipe planeja expandir suas atividades para outros games. É bom ficar de olho nesse time.

Cooler Esport

A Cooler Export é outra organização desconhecida que conquistou seu lugar nesta lista com as organizações de eSports que mais faturaram em 2019 graças ao mundial de Fortnite. A equipe foi a grande campeã na categoria Duo.

A organização não é uma das gigantes e sua especialidade é o game Fortnite. Todos os US$ 3.51 milhões foram conquistados em competições relacionadas ao game da Epic. Sem dúvidas, é mais uma equipe que merece atenção. Em 2020, é possível que a Cooler suba ainda mais no ranking.

PSG.LSD Esports

A parceria entre a LSD e o Paris Saint-Germain alcançou o total de US$ 3.54 milhões em 2019. Obviamente, uma boa parte deve valor foi conquistada durante o The International. Afinal, nessa competição, a PSG.LSD Esports ficou na terceira colocação e “abocanhou” US$ 3 milhões.

A organização ainda fez bonito em outros torneios relacionados ao game Dota 2 e as equipes de Overwatch e FIFA ajudaram a complementar os valores. Resumindo, a quinta colocação ficou com uma organização que realmente fez por merecer ao longo do ano de 2019.

Lazarus

A Lazarus é a primeira organização desta lista a superar a casa dos quatro milhões. E o que chama a atenção nesse feito é que a organização não venceu nenhum campeonato. Pelo contrário, os valores foram conquistados no volume. Por exemplo, apenas no mundial de Fortnite, a organização contou com seis jogadores. As premiações deles, mesmo sem a vitória, somaram US$ 3.6 milhões.

Em adição aos resultados obtidos nas competições do game da Epic, as participações da organização em competições bem variadas também geraram muita grana. Daí, no computo geral das premiações, a Lazarus alcançou US$ 4.22 milhões. E esses valores provam que a estratégia de “ganhar no volume” funcionou muito bem.

NRG Esports

Ficando com a medalha de bronze neste ranking com as organizações de eSports que mais faturaram em 2019, a NRG Esports surge com valores bem acima do quarto colocado. A organização acumulou US$ 5.28 milhões ao longo do ano.

A maior parte desse valor foi conquistada graças às participações da organização no mundial de Fortnite. Ainda assim, a vitória na Overwatch League e no campeonato mundial de Rocket League também contribuíram bastante para quebrar a casa dos cinco milhões. 2019 foi um grande ano para a NRG.

Team Liquid

A Team Liquid também foi uma organização que apostou no volume para faturar seus milhões. Aliás, quantos milhões! A organização ficou com a medalha de prata neste ranking, por ter alcançado o total de US$ 9.40 milhões. Sim, boa parte desses valores foi conquistada nas competições de Dota 2. Contudo, o desempenho da organização foi excelente em diversas modalidades.

Para você ter uma ideia, apenas o time de CS:GO acumulou US$ 2.3 milhões em 2019. A segunda colocação no The International e as ótimas participações em torneios de League of Legends e Rainbow Six Siege confirmaram o poder da Team Liquid no cenário mundial.

OG

Bicampeã do The International, a OG acabou, com uma premiação de US$ 15.6 milhões, ficando com a medalha de ouro neste ranking com as organizações de eSports que mais faturaram em 2019. O interessante é que a organização retirou todos os seus milhões das competições de Dota 2.

Recentemente, a OG anunciou que vai expandir para o CS:GO em breve. Por conta disso, não seria exagero algum dizer que o recorde de US$ 15.84 milhões alcançado em 2019 pode vir a ser superado em 2020. O The International continua sendo a competição mais importante do mundo dos eSports. Logo, a organização que vence o torneio merece ficar no topo de qualquer ranking.

Essas foram as organizações de eSports que mais faturaram em 2019

Bem, chegamos ao fim desta lista com as organizações que mais faturaram em 2019. Conforme pôde notar, o mundo dos eSports movimentou muitos milhões neste ano. A tendência é que os próximos anos revelem valores ainda mais assustadores, já que os esportes eletrônicos estão se tornando cada vez mais importantes. Enfim, foi um grande ano para quem curte as competições do mundo virtual! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Ubisoft Forward: belos anúncios e alguns problemas técnicos

Publicado

em

Ontem, 12 de julho, o aguardado evento Ubisoft Forward foi “ao ar” e, como não poderia deixar de ser, deixou muitos players empolgados, ao realizar uma bela sequência de anúncios.

Apesar dos problemas técnicos, que impediram muita gente de resgatar Watch Dogs 2 (que seria um dos presente do evento), o saldo final da transmissão foi muito positivo. Vamos conferir o resumo?

Watch Dogs: Legion

Juntamente com um trailer que apresentou detalhes sobre o gameplay do jogo, a Ubisoft anunciou que Watch Dogs: Legion será lançado no dia 29 de outubro, para PS4, Xbox One, Stadia e PC. E mais, a versão para PS5 e Xbox Series X foi prometida, mas não ganhou uma data de lançamento ainda…

Brawlhalla

Para os fãs do icônico Brawlhalla, as novidades não poderiam ter sido melhores. O game irá ganhar uma versão para dispositivos móveis (Android e iOS), que estreará no dia 6 de agosto de 2020. E sim, o crossplay será completo. Isto é, o aclamado título da Ubi agora vai estar ao alcance de todos…

Tom Clancy’s Elite Squad

Outro grande anúncio para os gamers mobile foi a revelação do vindouro Tom Clancy’s Elite Squad. O título estará disponível para Android e iOS no dia 27 de agosto e chama a atenção por usar como base os lendários: The Division, Rainbow Six, Splinter Cell e Ghost Recon. Confira o trailer…

Hyper Space (Open Beta)

Há alguns dias, os players ficaram empolgados com a revelação de Hyper Space, o mais novo Battle Royale da Ubi. Durante o Ubisoft Forward, a empresa francesa tratou de usar um belo trailer para anunciar a abertura da fase Beta do game. O título é gratuito e já está disponível (em Beta) para PC.

Assassin’s Creed Valhalla

Envolto em muita expectativa, Assassin’s Creed Valhalla ganhou um novo trailer e teve a sua data de estreia definida. O título chegará no dia 17 de novembro, para PC, PS4, Xbox One e Stadia, com as versões para PS5 e Xbox Series X ganhando o rótulo “em breve”. Logicamente, as cenas do trailer conseguiram aumentar o hype. Dê uma boa olhada…

Far Cry 6

Embora alguns vazamentos tenham estragado a surpresa, Far Cry 6 foi anunciado oficialmente e o trailer conseguiu deixar muitos fãs empolgados. O título será lançado no dia 18 de fevereiro de 2021, para PS5, Xbox Series X, PS4, Xbox One, PC e Stadia…

Problemas Técnicos

Como pôde perceber, o Ubisoft Forward trouxe diversas novidades interessantes. Contudo, o evento só não foi perfeito, pois a Ubi havia feito uma série de promessas e alguns problemas técnicos impediram muita gente de resgatar os presentes que seriam dados.

Obviamente, a frustração fica por conta do game Watch Dogs 2, que ficou gratuito durante o evento, mas muitos players relataram que não conseguiram fazer o login em suas contas da Uplay e, por consequência, não conseguiram fazer o resgate do título.

O que nos resta agora é aguardar por uma nova oportunidade. Como eu também não consegui fazer o resgate, prometo ficar de olho nas movimentações da Ubi e alertar, via The Game Times, sobre as novidades!

Ubisoft Forward… Ainda vai ter mais em 2020.

Far Cry 6

Far Cry 6

Como eu destaquei, no saldo final, o evento Ubisoft Forward foi muito bom. Os fãs puderam se deliciar com diversos anúncios e, sem demoras, já poderão aproveitar algumas das novidades apresentadas.

Vale destacar que a Ubisoft prometeu que realizará outro Ubisoft Forward ainda em 2020, embora não tenha definido uma data específica para essa nova transmissão. Portanto, temos que ficar de olho! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Devolver Direct: saiba o que rolou no evento!

Publicado

em

No último sábado, 11 de julho, a Devolver Digital realizou um evento digital com o intuito de substituir as apresentações que seriam realizadas na E3, se o evento não tivesse sido cancelado.

O evento foi batizado como Devolver Direct e chamou a atenção por apresentar uma boa série de novidades, com direito à promessa de novos títulos e um jogo gratuito bem peculiar. Vamos conferir um resumo do que rolou?

Shadow Warrior 3

Abrindo o Devolver Direct, tivemos um novo trailer apresentando detalhes sobre o vindouro Shadow Warrior 3. O título está previsto para ser lançado em 2021, para PC, e promete combates intensos, com um gameplay que mescla elementos de jogos de tiro e hack and slash.

Olija

Com uma “pegada” estilo Prince of Persia, Olija foi anunciado para PC e Switch, com data de lançamento prevista o fim de 2020. Como muitos dos títulos sob a tutela da Devolver Digital, esse game traz construções retrô e uma curiosa premissa. Detalhe: há uma demo disponível na Steam.

Fall Guys

Apesar do visual “engraçadinho”, a apresentação de Fall Guys deixou claro que o jogo irá promover “gincanas intensas” entre os players. Aliás, mais de 60 jogadores poderão fazer parte das competições. O título está previsto para ser lançado no dia 4 de agosto, para PS4 e PC (a demo está disponível na Steam).

Carrion

Já faz um bom tempo que a Devolver vem trabalhando na divulgação do promissor Carrion e, por esse motivo, a presença do game no evento era mais que aguardada. Esse título colocará os players no papel de uma criatura monstruosa que consome pessoas em uma prisão. Sim, a aventura será bem violenta e controversa e está prevista para ser lançada no dia 23 de julho (para Switch, Xbox One e PC).

Serious Sam 4

Serious Sam 4 é mais um game que está prestes a estrear e recebeu um vídeo com a apresentação de novos detalhes. Nessa aventura, o players acompanharão uma história que se passa antes dos eventos dos títulos anteriores e, ao que tudo indica, não vai faltar ação. O título será lançado em agosto, para PC e Google Stadia.

Blightbound

Com um trailer que anunciou a data de estreia do game no regime Early Acess (no dia 29 de julho, via Steam), Blightbound conseguiu atrair os olhares dos fãs de jogos cooperativo. O game irá promover uma aventura “no estilo Diablo”, mas em dungeons 2D, que estarão infestadas por hordas de monstros. Esse promete!

Weird West

Weird West foi, sem dúvidas, uma grata surpresa que pintou no Devolver Direct. O game está previsto para ser lançado em 2021 (sem plataformas definidas) e promete uma experiência Action RPG digna de grandes clássicos. Para completar, o jogo ainda se passará em uma versão meio macabra do Velho Oeste. Muito interessante!

Devolverland Expo

Fechando o Devolver Direct, tivemos um presente. Devolverland Expo é um jogo gratuito que coloca os players dentro de uma feira de games cancelada, mas que mantém alguns estandes ativos (que apresentam os jogos da Devolver). Como sempre, a Publisher apresentando alguma ideia diferenciada. O título está disponível para PC e pode ser baixado gratuitamente, via Steam.

Devolver Direct: bons anúncios e a irreverência de sempre!

Devolver Direct

Devolver Direct

Como pôde notar, o Devolver Direct apresentou algumas novidades bem interessantes para quem curte o mundo indie. Além do mais, a Publisher conseguiu promover a alegria de todos com a oferta de um curioso (e sarcástico) game gratuito. Muito bom para uma única transmissão, não acha? Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Pós-Temporada da Call of Duty League começa hoje, de forma online

Publicado

em

Como os fãs da franquia Call of Duty bem sabem, a pós-temporada do Campeonato Mundial de Call of Duty: Modern Warfare, estava prevista para acontecer ainda em 2020 e ofereceria uma premiação total de 4,6 milhões de dólares aos participantes. Contudo, por conta do COVID-19, o evento teve que ser “transportado para o mundo online”.

Sim, por meio das redes sociais, a organização da Call of Duty League apresentou uma chamada para um comunicado oficial, no qual os detalhes relacionados à versão online da competição foram liberados. Vamos conferir?

Call of Duty League, via internet

Campeonato Mundial de Call of Duty: Modern Warfare

Campeonato Mundial de Call of Duty: Modern Warfare

Assim como aconteceu com outras grandes competições do mundo dos eSports, a Call of Duty League acabou tendo que ser “transportada para o mundo online”, por conta do COVID-19. A justificativa para a mudança, claro, foi a segurança de todos. Confira…

“A Call of Duty League tem trabalhado em estreita colaboração com equipes e jogadores nos últimos meses em relação aos Playoffs da Temporada 2020 e ao Championship Weekend. Devido aos riscos contínuos à saúde associados ao COVID-19 e ao nosso foco de prioridade coletiva em proteger a segurança de nossas equipes, jogadores, funcionários da liga e pessoal parceiro, o restante da temporada será realizado online. Essa decisão foi tomada com muito cuidado, comunicação e consideração ao longo de muitas discussões”.

No site oficial da Call of Duty League, outros detalhes foram revelados e, ao que tudo indica, algumas novidades interessantes irão ser adicionadas às competições no formato online. Acompanhe…

Câmera Universal

Uma das novidades apresentadas no comunicado diz respeito a uma “configuração de câmera universal”, que ficará ativa ao longo das partidas. De modo geral, essa câmera irá dar aos fiscais da liga uma visão sobre os players e seus setups…

“A Liga está fornecendo a todos os competidores uma configuração de câmera universal que estará ativa durante todas as partidas. As câmeras fornecerão visibilidade para que os funcionários da liga possam ver e verificar o console, controlador e monitor de cada competidor, conforme necessário. Uma vez que uma partida atinge o status oficial de verificação pronto, os jogadores precisarão estar sentados e na câmera. As câmeras estarão no local antes do início do New York Subliners Home Series em 10 de julho”.

Escolha dos Servidores

Outro ponto interessante entre as novidades é a questão da escolha dos servidores para a realização das partidas. Nesse caso, as equipes poderão testar alguns servidores de forma antecipada e vetar a utilização de alguns deles…

“Atualmente, para cada CDL Home Series, as equipes recebem uma lista de três servidores (de um grupo de nove) para testar e determinar quais servidores preferem vetar. Durante os Playoffs e o Championship Weekend, aumentaremos as opções de servidor de veto para cinco para cada partida. Adicionando mais opções, aumentamos a probabilidade de obter o melhor servidor possível para ambas as equipes. Além disso, com mais servidores em jogo para cada partida, haverá mais opções de recuo se houver um problema inesperado”.

A Call of Duty League Online promete!

Call of Duty: Modern Warfare

Call of Duty: Modern Warfare

Antes de finalizar o comunicado oficial, a organização da Call of Duty League pontuou que irá aumentar o tamanho das equipes de suporte, com o intuito de “lidar com todo e qualquer problema que possa surgir em um ambiente de competição online”.

Isso quer dizer que as disputas têm tudo para manter o alto nível de uma competição local e que, as pessoas que decidirem assistir, acompanharão performances de alto nível. Então, fique de olho no canal oficial da Call of Duty League no Youtube, pois a partidas começam hoje mesmo! Até a próxima…

Continuar lendo

Trending

X