Siga nossas redes sociais

League of Legends

Circuito Desafiante: Red Canids se mantém na liderança, Team oNe tropeça diante da Falkol e Rensga vence a RDP

Publicado

em

Circuito desafiante 2020 Circuitão

Três jogos abriram a quinta semana do segundo split do Circuito Desafiante, nesta segunda-feira (6). A Team oNe, que dividia a liderança com a Red Canids, tropeçou no confronto contra a Falkol. A Rensga, que vinha de derrota, se recuperou na competição com a vitória sobre a Redemption, e chegou a quatro pontos na tabela. Red se isolou na liderança ao vencer a Havan Liberty.

Confira o resumo dos confrontos:

TEAM ONE X FALKOL

O primeiro confronto da noite foi bastante equilibrado. A Team oNe teve vantagem no começo da partida, quando garantiu o first blood com Pablo “pbO” na rota inferior. A partir do nível seis dos campeões da sua composição, a oNe começou a impor seu ritmo sobre a Falkol.

A condição de vitória da Falkol passou a ser Bruno Augusto “Hauz” com Azir e Pedro “Matsukaze” com Aphelios, dois campeões que começaram a crescer durante a partida.

A oNe estava num momento melhor no confronto, quando abateram o caçador inimigo e decidiram partir para o Barão. Mas, na resposta, os “Blues” expulsaram os adversários do covil e garantiram o objetivo como um presente.

Após esse erro da oNe, o jogo mudou de figura e a Falkol passou a dominar. Os “Golden Boys” ainda se defenderam do primeiro Barão, mas quando “Hauz” garantiu praticamente solo o objetivo pela segunda vez, a Falkol fechou o confronto garantindo sua terceira vitória no Circuitão.

REDEMPTION X RENSGA

A segunda partida teve um início acelerado, com uma briga generalizada, aos quatro minutos, na selva da Rensga, que resultou em três eliminações para cada equipe. Marcos Henrique “Krastyel”, pela Redemption, garantiu dois abates, enquanto Vinícius “Bydeki”, do lado da Rensga, ficou com um triple kill.

As duas equipes passaram a buscar as lutas a todo o momento, o que foi benéfico para Matheus “Blacky”, que com sua Le Blanc, conseguiu aproveitar os flancos e garantir diversas eliminações, colocando a equipe da Rensga em vantagem na partida.

No momento de maior equilíbrio da partida, uma luta na rota do meio definiu o confronto. A Rensga aproveitou outra vez do flanco, garantiu um ace sobre a RDP e o Barão veio de brinde.

Após isso, apenas administraram a vantagem, pressionando as rotas e a base inimiga, abrindo espaço para a conquista da Alma da Montanha.

Com toda a vantagem, a Rensga fez seu segundo Barão na partida, outro ace e destruição do Nexus inimigo. “Blacky” chegou ao final do confronto como destaque, com 11 eliminações.

RED CANIDS KALUNGA X HAVAN LIBERTY

No último jogo do dia, a líder Red Canids iniciou com certo domínio sobre a Havan, garantindo o first blood com Gabriel Vinícius “Aegis” na rota do topo.

A Red colocou pressão em todo o mapa no começo de jogo, o que abriu espaço para a execução dos objetivos, e a conquista de muita vantagem sobre os adversários. Em barricadas, por exemplo, a diferença foi de 10 a 1 apenas para os líderes.

Porém, a primeira luta em equipe foi favorável à Havan, que ficou com três eliminações e o Arauto, equilibrando a partida.

A Red Canids garantiu o Barão e o domínio do confronto no momento em que Alexandre “Titan”, com a Tristana, cresceu na partida e fez a diferença durante as lutas.

Com o buff em mãos e toda a vantagem que “Titan” e “Aegis” tinham, a Red administrou as últimas batalhas e conseguiu executar a luta que levou à destruição da base e do Nexus inimigo. “Titan”, com todo o recurso que foi concedido pela equipe, terminou com sete eliminações, sendo o destaque do confronto.

A vitória garantiu a liderança isolada para a “matilha” no Circuitão.

Acadêmico de Jornalismo.
Amante do mundo dos E-sports.

Trending