Siga nossas redes sociais

CS:GO

Códigos-Fonte de Team Fortress 2 e CS:GO vazam na web e geram alvoroço

Publicado

em

Ontem, 22 de abril, os players dos jogos Team Fortress 2 e Counter-Strike: Global Offensive foram surpreendidos com algumas informações preocupantes, que pontuavam que os código-fonte desses jogos haviam vazado na web.

Logicamente, a preocupação é justificada. Afinal, esses códigos, nas mãos de hackers e cheaters, podem causar enorme estrago à comunidade, ao fair-play e à segurança dos players, de modo geral. Embora a Valve não tenha se pronunciado oficialmente, parece que a situação acabou, no fim das contas, não sendo tão problemática quanto se imaginava… vamos entender essa história?

O vazamento dos Códigos-Fonte de Team Fortress 2 e CS:GO

Como eu destaquei, foi ontem, 22 de abril, que a notícia dos vazamentos começou a circular pela web. Inicialmente, foi o site Steam Database que notificou a comunidade acerca da liberação dessas informações.

De acordo com os relatos, os códigos-fonte dos referidos jogos já haviam sido compartilhados em uma comunidade de desenvolvedores, entre os anos de 2017 e 2018, mas, dessa vez, a informação teria chegado às mãos do público geral.

Como não poderia deixar de ser, a preocupação acabou tomando conta dos ânimos dos players. Com o acesso a esse tipo de informação, pessoas mal-intencionadas podem encontrar formas de burlar as proteções dos jogos a fim de realizar ações maliciosas.

Por ora, ainda não se sabe qual foi a pessoa ou entidade responsável pelo vazamento. Alguns relatos pontuaram que os códigos já haviam vazado anteriormente, mas a propagação foi bloqueada, o que não aconteceu dessa vez.

Diante dessas ocorrências, servidores das comunidades de Team Fortress 2 e CS:GO foram fechados temporariamente. No Brasil, a Gamers Club (uma das principais plataformas de CS:GO) não chegou a paralisar os servidores, mas apresentou aos players uma série de medidas de segurança, como: a ativação do Steam Guard, a indicação da não entrada em servidores piratas e a sugestão para evitar cliques em links suspeitos.

E qual foi o posicionamento da Valve?

Por mais incrível que possa parecer, a Valve (responsável pelos games) não emitiu nenhum comunicado oficial. O mais próximo disso, foi um tweet do perfil oficial do game CS:GO… Dê uma olhada…

 

 

Em uma versão traduzida da legenda, temos a seguinte informação: “Revisamos o código vazado e acreditamos que seja uma repostagem de um depósito de código de motor CS:GO limitado, lançado para parceiros no final de 2017, e originalmente vazado em 2018. A partir desta revisão, não encontramos nenhuma razão para os jogadores se alarmarem ou evitarem as compilações atuais”.

Após essa declaração, via Twitter, os players puderam ficar um pouco mais tranquilos. Ainda assim, as investigações parecem não ter sido finalizadas e a recomendação para a utilização exclusiva de servidores oficiais deve ser seguida, para evitar problemas maiores. Até a próxima…

CS:GO

Campeonato de CS:GO “E-Arena Game Lab” chega à fase final neste fim de semana

Publicado

em

Por

A Fast Shop realiza neste fim de semana (26 e 27 de setembro) as semifinais e final da E-Arena Game Lab – 1ª edição de Campeonato de Counter Strike Global Offensive (CS:GO), primeiro evento online e totalmente gratuito da rede voltado ao universo dos games que conta com o patrocínio da Intel, Lenovo e da HyperX.

A fase final promete muita emoção a participantes e espectadores e, reforça o posicionamento da Fast Shop no segmento de games.

“A realização de eventos proprietários de games é uma iniciativa inédita no varejo brasileiro e reflete nossa estratégia robusta de contribuir para o desenvolvimento da categoria no País, estreitando ainda mais nossa conexão com esse público. O formato digital que escolhemos para este campeonato amplia nossa capilaridade e democratiza a participação de gamers de todas as regiões, sejam eles amadores ou profissionais”, explica Pedro Velardo, gerente de trade marketing e CRM da Fast Shop.

Fase final da E-Arena Game Lab

Após três finais de semana de muita adrenalina e 128 times participantes, quatro equipes chegaram à fase final para a disputa do prêmio de até R$ 10 mil para compras no site da Fast Shop.

No sábado (26), às 13h, NOTREINNOWIN e Speed Esports se enfrentam em busca da primeira vaga na final. Na sequência, Vivo Keyd Academy e KeroVeNoLive disputam a segunda vaga na finalíssima.

Fase final da E-Arena Game Lab

Entre os semifinalistas, o que tem chamado a atenção dos espectadores nas transmissões é a pluraridade de experiência dos atletas e equipes.

Enquanto KeroVeNoLive inicia sua trajetória na categoria liderada pelo capitão eluu_, times como NOTREINNOWIN, Speed Esports e Vivo Keyd Academy são mais experientes e mesclam jogadores com passagens pelo cenário Pro, como Roberto “JRe1” Nakakogue, capitão do NOTREINNOWIN, e players que estão na caminhada para alcançar o nível de profissional como Mateus Ueta e Marcos “Hoax”, do Vivo Keyd Academy; e Lucca “camun” Toledo, um dos destaques do Speed Esports.

No domingo (27), às 13h, acontece a disputa do terceiro e quarto lugar e, logo na sequência, a grande final.

As partidas serão exibidas ao vivo com narração profissional nas redes sociais da Fast Shop. No domingo, a transmissão contará com a participação especial do Bida, um dos primeiros e principais narradores de CS do Brasil.

Continuar lendo

CS:GO

Fast Shop aumenta investimento na categoria de games com torneio gratuito online de Counter-Strike

Publicado

em

Por

A Fast Shop, referência no mercado de eletroeletrônicos e eletrodomésticos, realiza entre os dias 5 e 27 de setembro a E-Arena Game Lab – 1ª edição de Campeonato de Counter Strike Global Offensive (CS:GO).

Este é o primeiro evento online e totalmente gratuito da rede voltado ao universo dos games.

As inscrições para a competição, que conta com o patrocínio da Intel, Lenovo e da HyperX tiveram início nesta segunda-feira (24/08) e vão até o dia 3 de setembro.

Participe do campeonato “E-Arena Game Lab” de Counter-Strike (CS:GO)

Counter Strike Global Offensive

Podem participar times profissionais ou amadores com idades a partir de 16 anos completados até o dia final da inscrição.

A E-Arena Game Lab, que promete muita emoção e adrenalina a participantes e espectadores, reforça o posicionamento da Fast Shop no segmento de games.

“A realização de eventos proprietários de games é uma iniciativa inédita no varejo brasileiro e reflete nossa estratégia robusta de contribuir para o desenvolvimento da categoria no País, estreitando ainda mais nossa conexão com esse público. O formato digital que escolhemos para este campeonato amplia nossa capilaridade e democratiza a participação de gamers de todas as regiões, sejam eles amadores ou profissionais”, explica Pedro Velardo, gerente de trade marketing e CRM da Fast Shop.

Continuar lendo

CS:GO

FURIA vence Chaos e garante vaga na final da Dreamhack Open Summer 2020 North America

Publicado

em

 

FURIA Esports e Chaos EC se enfrentaram numa série MD3 válida pela semifinal da DreamHack Open Summer 2020 North America, nesta sexta-feira. Os brasileiros saíram vitoriosos, vencendo os dois mapas do confronto. Com a vitória, garantiram a vaga para a grande final da competição. A Chaos, por sua vez, se despede do campeonato com a 3-4 colocação.

O vencedor leva como premiação $35.000 e o segundo colocado fica com $20.000. A equipe da Chaos, por ter ficado em 3-4, garantiu $ 8.750.

Confira como foi o jogo!

MAPA NUKE: FURIA 16 x 8 CHAOS

MAPA NUKE: FURIA 16 x 8 CHAOS

MAPA NUKE: FURIA 16 x 8 CHAOS

O primeiro confronto da série foi disputado na Nuke, escolha da Chaos. A FURIA começou do lado ct e garantiu a vantagem inicial vencendo o round pistol e a sequência até o primeiro forçado. A equipe da Chaos não teve um bom início, venceu apenas o primeiro armado, enquanto os adversários acumulavam pontos, o que ocasionou numa pedida de pause no jogo.

Apesar da pausa, quem continuou com domínio na partida foi a FURIA. Kaike “KSCERATO” ditou o ritmo para a equipe no jogo, pegando eliminações em diversas partes do mapa.

A Chaos até tentou atrapalhar a boa metade da FURIA, ganhando dois rounds em sequência e quebrando a economia dos cts. Porém, mesmo no forçado, os brasileiros voltaram a pontuar e dominar o confronto, sem dar chances de recuperação aos americanos.

Com Henrique “HEN1” inspirado com 17 abates e apenas 3 mortes, a FURIA encaminhou a primeira metade pelo placar de 12×3.

Na segunda parte, as equipes trocaram rounds no início. Os brasileiros venceram o pistol, mas o forçado foi americano e isso seguiu acontecendo. Com isso, não tiveram muitos rounds armados na segunda metade.

Quando finalmente o armado acontece, “KSCERATO” e “HEN1” foram decisivos. A FURIA chegou ao match point e fechou a partida logo no round seguinte pelo placar de 16×8

MAPA INFERNO: FURIA 16 x 11 CHAOS

O segundo mapa do confronto foi Inferno, escolha da FURIA. Os brasileiros começaram melhor, vencendo o round pistol. Porém, desta vez, a primeira metade foi completamente equilibrada. As duas equipes trocaram pontos pelos 10 rounds iniciais da partida, deixando o placar em 5×5.

No décimo primeiro round, a FURIA só possuía uma AK47 nas mãos de “KSCERATO” e o resto da equipe fazia um round econômico, apenas de pistolas. Foi o que bastou para o jogador fazer quatro eliminações e desempatar o placar.

Após esse clutch, as duas equipes pontuaram mais duas vezes cada, e a primeira metade se encerrou com vitória da FURIA pelo placar mínimo.

A segunda metade, porém, foi de domínio total da FURIA. Os brasileiros emplacaram uma sequência de cinco rounds, até que os americanos fizessem o seu oitavo.

Com toda a vantagem no placar, a FURIA ditou o ritmo da partida, não dando chances para a recuperação dos americanos. Erick “Xeppaa” e Joshua “Steel” foram os que mais tentaram trazer a Chaos de volta para a partida, mas, “KSCERATO” estava num dia inspirado e foi o nome do confronto.

A FURIA fechou a partida em 16×11 e a série em 2×0, garantindo sua passagem para a grande final da DreamHack Open Summer 2020 North America.

GRANDE FINAL:

A grande final acontece no domingo às 14h. A FURIA espera o vencedor do confronto entre Team Liquid e Team oNe, que acontece ainda na sexta-feira. A DreamHack Open Summer 2020 North America tem chance de ser decidida num confronto brasileiríssimo.

Continuar lendo

Trending

X