Siga nossas redes sociais

Outros Games

Com The Last of US: Part II como destaque, mês de junho promete grandes lançamentos!

Publicado

em

O mês de junho está apenas começando, mas já podemos dizer que ele merece a atenção da galera gamer. Afinal, quando observamos os principais lançamentos previstos para acontecer nesse mês, chegamos à conclusão de que não faltarão belas novidades.

Pois é! É no mês de junho que o aguardado The Last of Us: Part II será lançado, mas, embora esse seja o grande destaque, ainda há muitos games de qualidade, que prometem garantir boas horas de jogatina. Dito isso, convido você a conferir a minha lista com os principais lançamentos de junho… vamos dar uma olhada?

Valorant (02 de junho – PC)

Apesar de já ter marcado presença em todo o mês de maio, Valorant só será lançado oficialmente no dia 02 de junho. O FPS da Riot Games já deu o que falar e conseguiu quebrar diversos recordes nas plataformas de streaming. Após o lançamento, a expectativa é de que o game receba uma nova dose de conteúdo e, claro, novos personagens.

Command & Conquer: Remastered Collection (05 de junho – PC)

No dia 05 de junho, a nostalgia vai tomar conta do mundo dos games, com a estreia da Command & Conquer: Remastered Collection. Celebrando os 25 anos da franquia, essa coleção vai reapresentar os primeiros jogos da série, com gráficos em 4K e áudio remasterizado. Além disso, algumas surpresas interessantes também farão parte do “pacote”.

The Outer Worlds (05 de junho – Nintendo Switch)

Apesar de já ter sido um destaque do ano de 2019 (nos PCs, no PS4 e no Xbox One), The Outer Worlds só fará a sua estreia no Nintendo Switch no dia 05 de junho. Esse RPG da Obsidian Entertainment traz uma premissa tão interessante que o jogo se tornou uma das surpresas do último The Game Awards. Belo jogo!

The Dark Eye: Book of Heroes (09 de junho – PC)

Para quem curte RPGs isométricos, como Neverwinter e Baldur’s Gate, The Dark Eye: Book of Heroes pode acabar se tornando uma boa alternativa. O título é inspirado em uma série alemã de RPGs de mesa e promete recriar a experiência desses jogos em um ambiente virtual incrível. A ideia é dar ao player uma experiência realmente “Role-Playing”.

The Elder Scrolls Online: Greymoor (09 de junho – PS4 e Xbox One)

Mais uma opção para fãs de RPGs, The Elder Scrolls Online: Greymoor é a mais recente atualização do lendário TES Online. Essa expansão estreou nos PCs em maio e agora chegará ao PS4 e ao Xbox One. A história remete ao excelente The Elders Scrolls V: Skyrim. Logo, vale a pena conferir!

Ys: Memories of Celceta (09 de junho – PS4)

Sim, o dia 09 parece ter sido reservado para os fãs de RPGs. Ys: Memories of Celceta é mais um título de uma das maiores franquias de RPGs japoneses. Na verdade, o jogo é uma versão remaster do título lançado para o PS Vita. A aventura gira em torno de um herói com amnesia e promete garantir fortes emoções.

Warborn (12 de junho – PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch)

Warborn é um game de estratégia em turnos que tem tudo para agradar aos fãs do gênero. O jogo segue uma linha semelhante à dos jogos da lendária franquia Front Mission, ou seja, é um lançamento que merece atenção. E mais, o game terá um modo multiplayer online, o que poderá garantir conflitos bem interessantes entre os players.

Desperados III (16 de junho – PC, PS4 e Xbox One)

Desde 2006, quando Desperados II foi lançado, os fãs da franquia têm aguardado por uma sequência para a história. Bem, após muitos anos de espera, essa sequência irá estrear. Desperados III mantém a linha dos jogos anteriores, com combates em tempo real e muitos elementos táticos.

Disintegration (16 de junho – PC, PS4 e Xbox One)

Desenvolvido por um dos criadores do lendário Halo, Disintegration será um dos grandes lançamentos de junho. O game já conseguiu chamar bastante atenção em sua fase Beta e os detalhes liberados até o momento indicam que essa será uma aventura de grande qualidade. O jogo terá uma bela campanha single player, mas as disputas no modo online também prometem coisas épicas!

Burnout Paradise Remastered (19 de junho – Nintendo Switch)

Burnout Paradise Remastered será mais um dos destaques entre as versões remaster que serão lançadas em junho. O jogo já foi lançado para PS4 e Xbox One e agora chegará ao Switch. De acordo com as informações, o título inclui oito expansões para o jogo original, mais de 130 carros e opções para disputas online.

The Last of Us: Part II (19 de junho – PS4)

Grande destaque do mês, The Last of Us: Part II dará continuidade à história iniciada em seu antecessor e promete uma experiência digna de um GOTY. O título vem sendo bastante aguardado e virou notícia nos últimos meses, por conta dos adiamentos e vazamentos. De todo modo, o novo capítulo da história da personagem Ellie promete.

Fairy Tail (26 de junho – PC, PS4 e Nintendo Switch)

Fairy Tail chegará no dia 26 de junho, trazendo consigo uma premissa que pode agradar aos fãs dos RPGs mais clássicos. O jogo será uma adaptação do anime homônimo e terá os famosos combates em turnos (que estão cada vez mais raros). Com um belo visual e uma excelente história, esse game merece a sua atenção.

The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III (30 de junho – Nintendo Switch)

Para fechar esta lista com os destaques do mês de junho, chamo a atenção para a estreia do aclamado The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel III, no Switch. Esse game foi lançado em 2017 e é um dos responsáveis por elevar a franquia The Legend of Heroes ao patamar de outras franquias lendárias. Muito bom!

Será um excelente mês para os gamers!

Conforme pôde notar, o mês de junho será recheado de belos lançamentos. Obviamente, tratei de incluir nesta lista apenas os games que, na minha visão, merecem maior destaque. Isto é, a lista real de lançamentos é muito maior e traz opções para todos os gostos, provando que junho será um excelente mês para os gamers! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Segundo estudo, internet 4G no Brasil não é adequada para Games mobile

Publicado

em

Por

Um estudo da Open Signal realizado em julho deste ano e divulgado pela Melhor Plano, avaliou a internet 4G do Brasil em diversas categorias.

Enquanto a Claro foi o grande destaque em melhoria de velocidade e qualidade da conexão 4G por todo o país, a TIM se destacou nas categorias de cobertura e disponibilidade pelo território nacional.

No entanto, é compreensível a razão pelo qual a comunidade gamer aguarda ansiosamente o lançamento do 5G no país: o 4G ainda não entrega uma boa experiência para jogos online mobile, não importando a qualidade do plano de celular.

O estudo mostrou que, de acordo com avaliação dos usuários, somente a Claro conseguiu entregar uma experiência razoável de jogabilidade online. A TIM, que ficou em segundo lugar, não chegou aos 60 pontos.

Experiência 4G no Brasil

Experiência 4G no Brasil

Para uma conexão de internet entregar uma boa experiência em jogos online, é preciso muito mais do que uma boa velocidade de download.

Melhorias que devem ser realizadas no 4G no Brasil

É preciso também boa velocidade de upload, estabilidade na conexão, bom tempo de resposta da rede e mínima perda de pacotes de dados. São essas características que garantem que o jogo não fique travando ou apresentando “delay”.

O 5G, sucessor do 4G, promete melhorar significativamente a qualidade da conexão sem fio, além de entregar alta velocidade.

A rede permitirá diversos aparelhos conectados simultaneamente sem que haja perda de estabilidade e de qualidade de conexão.

O 5G está previsto para chegar ao país no primeiro trimestre de 2021. Algumas operadoras já disponibilizam uma versão intermediária, chamada de 5G DSS, que apresenta melhora na velocidade de conexão, mas ainda não traz resultados significativos em termos de latência e, principalmente, estabilidade.

Continuar lendo

Outros Games

Shadow Arena adiciona modo Mata-Mata em Atualização Grátis de Conteúdo

Publicado

em

Por

A Pearl Abyss anunciou nesta sexta-feira (18) um novo modo de jogo para o Battle Royale Shadow Arena – o Mata-Mata (Deathmatch).

Neste modo, duas equipes de cinco jogadores serão colocadas uma contra a outra em uma corrida sem barreiras para ser a primeira equipe a atingir 30 eliminações em uma partida de 20 minutos.

Shadow Arena

Qualquer um que for eliminado poderá reviver após 10 segundos. Enquanto esperam para reviver, os jogadores podem mudar de Herói se quiserem mudar sua estratégia.

Junto com Mata-Mata, vários outros recursos foram adicionados como parte da atualização de conteúdo gratuita:

  • As bombas congeladas são obtidas caçando monstros. Eles não apenas causam dano AOE considerável, mas também atordoam os inimigos.
  • Os eventos especiais da Shadow Arena começarão hoje, continuando a aparecer nas próximas semanas. As recompensas por completar partidas chegam a 30.000 prata, um passe de 7 dias que desbloqueia todos os heróis e um título especial no jogo. Faça login na Shadow Arena para descobrir se é seu dia de sorte!
Continuar lendo

Outros Games

Microsoft explica como funcionará a retrocompatibilidade no Xbox Series S

Publicado

em

A questão da retrocompatibilidade tem sido um dos assuntos mais discutidos nos últimos dias, em relação à próxima geração de consoles. E essa discussão teve início após a Sony ter confirmado que o PS5 só será retrocompatível com o PS4, enquanto o Xbox Series X | S terá retrocompatibilidade com todos os consoles Xbox anteriores.

Para alimentar ainda mais a discussão, a Microsoft resolveu falar um pouco sobre como a retrocompatibilidade do Xbox Series S irá funcionar. Pois é! Muitos ainda estão observando o console “mais fraco” com descrença, mas parece que ele terá bastante “poder de fogo”… vamos conferir?

A questão da retrocompatibilidade do Xbox Series S

Foi em uma conversa com representantes do site Digital Foundry que a Microsoft resolveu falar um pouco mais sobre a retrocompatibilidade do Xbox Series S. E, ao que tudo indica, essa funcionalidade, que já foi um dos destaques do Xbox One, foi melhorada e promete grandes experiências.

Para começar, o jogos do primeiro Xbox rodarão em uma resolução bem maior. Segundo os dados, teremos um aumento de 3x em cada um dos eixos, ou seja, os jogos que haviam sido feitos para rodar em resoluções 480p se tornarão jogos com resolução 1440p e podem ter certos ajustes na performance.

No que diz respeito aos jogos de Xbox 360, as resoluções serão dobradas, alcançando também os 1440p. E sim, os jogos serão otimizados e também terão melhorias palpáveis, a nível de performance.

Para completar, os jogos de Xbox One serão tratados de uma forma um pouco diferente. Antes de otimizar os títulos, o Xbox Series S irá considerar uma série de aspectos, com vistas a definir as melhores resoluções e níveis de performance para a experiência. Por esse motivo, cada jogo será tratado de forma individual.

De qualquer forma, o fato é que, além das questões gráficas, o Xbox Series S também irá melhorar a jogatina, já que sua construção também é voltada a diminuir o tempo de carregamento.

Resumindo, a retrocompatibilidade será, mais um vez, um destaque dos consoles da Microsoft. Lembrando que mais de 1000 títulos se aproveitarão dessa funcionalidade. Isto é, não teremos do que reclamar.

Jogos com tamanho reduzido

Outra questão que se tornou notícia nos últimos dias foi a confirmação de que os jogos sofrerão uma diminuição em seus tamanhos, para a utilização no Xbox Series S. Como o console possui uma capacidade inferior ao Series X, isso era mais do que esperado.

Segundo apontaram alguns membros da equipe de desenvolvimento do Xbox, o tamanho dos arquivos dos jogos será reduzido. Afinal, o Series S foca em uma performance de 1440p com 60fps, o que não exige certas texturas e pacotes adicionais de arquivos.

“Com um alvo de performance a 1440p e 60fps, a nossa expectativa é que os programadores não coloquem os seus mipmaps de maior qualidade no Xbox Series S, o que vai reduzir o tamanho dos jogos […] o controle está nas mãos dos estúdios. Há muito que temos esta tecnologia que permite aos programadores escolher de forma inteligente quais os assets instalados em cada dispositivo no qual jogam. A flexibilidade está nas mãos dos programadores para assegurar que os assets corretos estão lá”.

Em outras palavras, os jogos poderão ser mais compactos no Xbox Series S, mas tudo dependerá dos desenvolvedores. Se eles ajustarem os arquivos para as particularidades do console “mais fraco”, nossos sistemas de armazenamento irão agradecer.

E o Xbox Series S está ficando mais atrativo

Apesar de alguns executivos da Sony terem afirmado que consoles mais acessíveis como o Xbox Series S não são lucrativos, o que temos visto é uma grande quantidade de especialistas afirmando que a solução pode ser muito atrativa, para muitos tipos de players.

Felizmente, a estreia do Xbox Series X | S está ficando cada vez mais próxima e logo poderemos verificar, na prática, como as funcionalidades dos consoles irão se comportar. Por ora, a Microsoft merece os parabéns. Até a próxima…

Continuar lendo

Trending

X