Siga nossas redes sociais

League of Legends

MEC Inc. revela Keio para time de streamers da agência

Publicado

em

A MEC Inc., agência focada no gerenciamento de carreira de criadores de conteúdo, jogadores e streamers do mercado de games e esports, anunciou hoje a parceria com Henrique “Keio” Lacerda, streamer de League of Legends que se destacou no cenário pela sua jogabilidade.

Keio, que completou 21 anos este mês, começou a jogar por recomendação de alguns amigos de escola no fim de 2013. E como ele mesmo diz ” só era para passar o tempo”. E dois anos depois acabou “pegando gosto pela competitividade do jogo”, passando a dedicar mais tempo a atividade.

Keio no time de streamers da MEC Inc.!

O estudante de medicina, que está atualmente no 3o ano, conta que quando entrou na UFMG em 2018, tinha bastante receio de ter que abrir mão do LOL. Que sempre foi seu hobby, mas depois de alguns meses no curso, já conseguia conciliar ambos, mantendo as notas que sempre se cobrava e o ranking no jogo.

Atualmente, a maior parte do meu tempo se resume às atividades da faculdade de medicina e às lives que começaram no final do ano passado. Ele conta que a principal mudança na rotina foi usar as horas que já passava jogando para criar conteúdo na twitch, o que foi bem fácil para se adaptar.

League of Legends

League of Legends

“Eu acredito que, por ter sido tudo muito rápido, ainda não caiu a ficha direito acerca de como eu me sinto diante dessas mudanças. Mas, sem dúvidas, é algo que tem sido muito divertido. Nesse pouco tempo, eu já consegui construir uma comunidade que espelha muito do que eu acredito. E isso com certeza torna a minha interação com o público muito mais prazerosa.” Keio deixa claro que um dos pontos que mais o atraiu para o trabalho como streamer. É que “por causa das lives e do reconhecimento dentro do jogo. e Eu conquistei um canal de comunicação muito direto com um público mais jovem. Que muitas vezes não é tão aberto ao diálogo sobre assuntos mais sérios. Como os estudos ou planos de carreira. Então, estar em posição de orientar ou ajudar a minha comunidade em contextos que excedem o jogo é o que mais me deixa realizado hoje em dia dentro desse universo das lives.”

Lucas Braga, CEO da MEC Inc. comenta sobre a nova contratação.

Contatos comerciais, estúdio de criação com designers, editores de vídeo e todo suporte para imagem do agenciado, suporte jurídico, contábil e tributário. Além de planejamento financeiro, fazem parte das atividades que são organizadas e customizadas. De acordo com a necessidade de cada um dos talentos da agência, Lucas Braga, CEO da MEC Inc. comentou sobre a nova contratação.

“A MEC Inc está atenta a novos talentos e vimos no Keio um perfil muito peculiar. Do estudante de medicina que não quer deixar de jogar e fazer o que ama. Mas que também não abre mão de ter uma carreira escolhida por ele. Queremos dar o suporte para ele ter o melhor do lado streamer. Se divertindo em jogo e também apresentando opções de como conciliar com o outro lado profissional dele. Além de inspirar outros jovens que possam se encontrar em situações similares.”

A nova parceria faz parte dos planos da MEC Inc. no cenário de esports e foca no crescimento da carreira dos talentos brasileiros. Trabalhando sua imagem e todos pontos que fazem parte da vida dos influenciadores. Com um braço de sua operação voltado diretamente ao suporte dos criadores, o Mec. Inc Studio, com profissionais dedicados em toda linguagem visual dos canais dos seus agenciados.

League of Legends

Worlds 2020: INTZ vence Liquid e joga desempate contra a Mad

Publicado

em

Por

A INTZ venceu sua primeira partida no Worlds 2020 e ainda contra o adversário que é considerado um dos mais fortes do grupo, a Team Liquid.

Diferente das outras partidas, todos os jogadores conseguiram mostrar o porque mereciam estar neste mundial. Novamente com uma performance maravilhosa, “Tay” dominou o topo e junto com “Redbert” e “Shini” criaram as jogadas que deram a vitória para a equipe brasileira.

Composições dos Times

comp-intz-liquid

Com um jogo mais acelerado a INTZ buscou logo cedo os abates e conseguiu abrir a placar após uma luta próximo ao covil do Dragão.

“Shini” saiu com o first blood em cima do “Broxah” e com a chegada do “Tay” usando o teletransporte foram pra cima da Ashe e conseguiram mais uma eliminação e um ótimo começo para a equipe brasileira.

Deste modo o jogo seguiu com a INTZ buscando abates enquanto a Liquid se defendia e captava recursos.

No meio do jogo a Liquid já estava a frente no ouro, assim como nas outras partidas que a INTZ fez. Mas desta vez a equipe brasileira conseguiu alguns pickoffs na partida o que possibilitou um barão.

Com o barão em mãos a INTZ conseguiu conquistar mapa, e acabaram com as linhas de defesa da Liquid.

E depois de uma boa luta na rota do meio a INTZ desceu para o dragão, fez o buff e resetou. Agora o jogo já estava encaminhado, partiram rumo ao segundo barão fizeram o buff e a Team Liquid que só tinha o inibidor da rota de baixo viu suas torres caírem e o Brasil sair com a vitória.

Veja os melhores momentos:

Desempate contra a MAD

Agora a INTZ joga a série de desempate contra a MAD LIONS e depende só de si mesmo para permanecer viva no mundial de League of Legends. O jogo será após o confronto entre Legacy Esports (OPL) e a (TCL) Papara SuperMassive.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: INTZ se complica com a terceira derrota no mundial

Publicado

em

Por

No segundo dia do Worlds 2020, a equipe brasileira INTZ se mostrou apática e fez o seu pior jogo no mundial. Por outro lado, os turcos da SuperMassive apresentaram um jogo dominante desde o início da partida. Deste modo, foram apenas 27 minutos para a equipe turca sair com a vitória.

Confira alguns detalhes da partida.

Composições dos Times

intz-sup

A SuperMassive montou um equipe para “scaling” e a missão da INTZ era neutralizar essa estratégia no early game.

Nos primeiros minutos do jogo o topo da INTZ estava bem avançado e foi pego por um gank do jungle da equipe inimiga, mas a INTZ não deixou barato e logo cobrou um abate contra a Lulu do “Bolulu” na rota meio.

A INTZ conseguiu o primeiro dragão, como nas outras partidas, mas quando resolveram fazer o arauto, uma luta estourou no topo assim que o arauto foi morto e a SuperMassive saiu com a vantagem deixando três abates nas mãos do Shen o que iria dificultar muito a rota do “Tay” com se Renekton.

Na tentativa de cobrar o topo da SuperMassive, a equipe inteira da INTZ partiu para um dive, mas o topo “Armut” estava muito bem preparado. Após “Redbert” errar a iniciação com sua Leona o jogador inimigo conseguiu sair bem das habilidades da equipe brasileira e ainda conquistou mais dois abates.

Com um Shen gigantesco e um Hecarim extremamente forte a equipe da SuperMassive dominou os outros objetivos, fez todos os dragões e conquistou a alma da nuvem, derrotou o barão e com a vantagem de jogo partiu rumo a base da INTZ e acabou com a partida.

Veja os melhores momentos:

INTZ se complica no Mundial de League of Legends

Para sonhar com a permanência na competição a equipe brasileira depende de uma combinação de resultados e torcer para que os times não pontuem duas vitórias no grupo.

Nos jogos de ontem (25) a equipe brasileira conseguiu alguns bons momentos, bem diferente do que vimos hoje.

O jogador “Shini” comentou sobre a sensação de inferioridade que a equipe sente e que as derrotas deixam ele com vontade de chorar. A equipe está sendo extremamente cobrada nas redes sociais, por bons e maus torcedores.

O próximo jogo da INTZ será contra a Team Liquid na segunda-feira (28) às 07h.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: Intz termina o primeiro dia com duas derrotas

Publicado

em

Por

Infelizmente o primeiro dia não foi dos melhores para Intz. Mesmo com bons desempenhos individuais a equipe não conseguiu vencer o time que é considerado o mais “fraco” do grupo a Legacy Esports.

A partida contra a Legacy foi quase um replay do primeiro jogo. Onde a Intz começou perdendo o early game ao deixar a equipe da oceania abrir vantagem em ouro e assim conseguir sua vitória.

Composições dos Times

picks-intz-legacy

A Intz montou uma composição de “scaling” e apostava no Vladimir do “Tay” e o Ezreal do “Micao”.

Mas, assim como no jogo anterior a equipe ficou muito atrás em ouro, mesmo fazendo boas lutas e conseguindo alguns abates.

O jungle “Shini” dominou os dragões e garantiu a alma para a Intz, mas cada movimento da equipe brasileira era muito punido pela Legacy. Em um momento ao perder prioridade do dragão o jogador topo da Legacy utilizou seu teletransporte e conseguiu abrir o inibidor da rota topo. Desta forma eles neutralizavam qualquer tentativa de voltar ao jogo da equipe da Intz.

Por fim, a equipe da Legacy conseguiu uma luta 4×4 já que foçou o “Tay” no topo contra a Camille, e sem o Vladimir a equipe da oceania conseguiu elimitar os 4 jogadores da Intz e garantir o dragão ancião e seguiram rumo ao barão.

Com os dois Buffs não mão a Legacy partiu em direção a base inimiga, destruiu todos os inibidores e o nexus da equipe brasileira.

Veja os melhores momentos:

Começo de jogo complicado

A equipe da Intz está tendo um começo de jogo muito difícil, os times estão conseguindo uma vantagem de ouro muito grande e isso está pesando bastante no decorrer do jogo. A equipe consegue lutar bem e mesmo na desvantagem de ouro, consegue vencer algumas lutas.

Agora é acertar esse early game porque ainda teremos mais dois jogos um contra a Papara SuperMassive amanhã (26) às 06h e na segunda-feira (28) enfrentaremos a Team Liquid as 07h pelo Mundial de League of Legends de 2020.

Continuar lendo

Trending

X