Siga nossas redes sociais

Outros Games

Metacritic Divulga Ranking com as Melhores Publishers da Indústria dos Games

Publicado

em

Vez ou outra, o site Metacritic promove alguns rankings com base nas notas que são registradas em seus sistemas. Já tivemos os melhores jogos de 2019 e os piores… agora, chegou a vez de as melhores Publishers de 2019 serem relacionadas.

metacritic-2019

Isso mesmo! O Metacritic fez uma lista com 40 Publishers, considerando as pontuações alcançadas em 2019 e alguns critérios específicos (que irei explicar). Os resultados foram surpreendentes… vamos conferir?

Os critérios utilizados pelo Metacritic na confecção da lista

Para elaborar a lista, o Metacritic resolveu adotar uma metodologia diferente, visto que as Publishers atuam em diversas frentes. Por conta disso, foram adotados os seguintes critérios:

  • Metascore médio para todos os jogos lançados pelas Publishers em 2019 (1,5 x Metascore médio);
  • Porcentagem de produtos com boas avaliações (apenas produtos com Metascore superior a 75 pontos);
  • Porcentagem de produtos com avaliações ruins (apenas produtos com Metascore inferior a 49 pontos);
  • Número de títulos ótimos (Metascore superior a 90 pontos com, pelo menos, sete avaliações).

Como pôde perceber, a metodologia utilizada foi elaborada para poder garantir que o ranqueamento fosse feito de uma forma justa, já que há Publisher de diversos portes e com números variados, em termos de produtos lançados.

Enfim, foi com base nesses critérios que os resultados apresentados abaixo foram alcançados. Confira…

As melhores Publishers, segundo o Metacritic

Fazendo uso da metodologia apresentada acima, o Metacritic relacionou as 40 melhores Publishers em função das pontuações alcançadas por cada uma delas. O ranking ficou assim:

  1. 505 Games – 80 (306.7)
  2. Activision Blizzard – 79.9 (301.4)
  3. Nintendo – 80 (299.2)
  4. Paradox Interactive – 77.8 (296.8)
  5. Capcom – 79.1 (291.1)
  6. Annapurna Interactive – 80.5 (290.7)
  7. Xbox Game Studios – 76.4 (289.6)
  8. Humble Bundle – 76.2 (289.2)
  9. Square Enix – 76.1 (285)
  10. Devolver Digital – 76 (283)
  11. Focus Home Interactive – 74.7 (273.6)
  12. Take-Two Interactive – 74.9 (273.4)
  13. Electronic Arts – 75.2 (270.9)
  14. Ubisoft – 73.3 (265.9)
  15. Team17 – 74.7 (265.1)
  16. Spike Chunsoft – 75.3 (262.9)
  17. Koei Tecmo Games – 74.7 (262.1)
  18. Sega – 73.4 (253)
  19. Bandai Namco Games – 71.4 (246.5)
  20. Konami – 69.9 (244.8)
  21. Idea Factory – 68.7 (240.6)
  22. Sony – 71.5 (240.5)
  23. PQube – 68.2 (237.6)
  24. XSeed/Marvelous – 69.4 (234.9)
  25. TinyBuild – 67.8 (230.3)
  26. Iceberg Interactive – 70 (229.9)
  27. Koch Media – 69.9 (229.9)
  28. Digerati Distribution – 69.3 (229)
  29. THQ Nordic – 66.3 (225.4)
  30. Bethesda Softworks – 69.1 (225.1)
  31. NIS America – 69 (222.2)
  32. Daedalic Entertainment – 66.7 (222)
  33. QubicGames – 65.5 (218.2)
  34. Curve Digital – 66.2 (215.1)
  35. Plug In Digital – 66.1 (209.1)
  36. Ratalaika Games – 62.9 (203.5)
  37. Bigben Interactive – 64.7 (201.5)
  38. 1C Company – 62.1 (193.2)
  39. Headup Games – 61.3 (192)
  40. Merge Games – 61.8 (188)

O que falar sobre a lista do Metacritic?

Bem, analisando a lista com calma (e sem favoritismos), observamos que o primeiro lugar alcançado pela 505 Games foi mais do que justo. Afinal, em 2019, a empresa lançou o poderoso Control e dois indies incríveis: Bloodstained: Ritual of the Night e Indivisible.

No que tange à Activision Blizzard, segunda colocada, é bem possível que a lista do ano que vem seja surpreendente, já que Warcraft: Reforged foi lançado em 2020 e já se tornou o pior jogo da história da empresa, dentro do Metacritic.

Outro ponto que chama a atenção é a presença de grandes nomes em posições bem abaixo do esperado, como é o caso da Ubisoft (14º), da Sony (22º) e da Bethesda (30º).

Cabe destacar que a lista do ano passado apresentou a Capcom no topo. Nesta lista, a empresa japonesa “despencou” para a quinta colocação. É sempre bom lembrar que o critério utilizado na lista do ano passado foi diferente.

Bem, é isso… Realmente, a 505 Games fez um excelente trabalho e mereceu estar no topo do ranking. A empresa italiana vem construindo uma boa reputação junto aos players e tem se envolvido em projetos muito interessantes. Às gigantes que ficaram em posições “ruins”, fica o alerta para a necessidade de lançar jogos melhores. Até a próxima!

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Trending