Siga nossas redes sociais

Outros Games

Metacritic libera suas tradicionais listas com os “Melhores e os Piores do Ano”

Publicado

em

Normalmente, o fim de um ano e o início do outro são marcados por diversas premiações relacionadas ao mundo dos games. Nesses eventos, temos a chance de fazer uma espécie de retrospectiva, a fim de verificar o que rolou de melhor ao longo do ano.

Contudo, a tradicional lista com os “Piores do Ano”, liberada pelo Metacritic, vai na contramão dessa ideia e nos apresenta aqueles jogos que foram verdadeiros fracassos, nas opiniões da crítica e dos players. E sim, essa lista já foi liberada, juntamente com a lista dos “Melhores do Ano”… vamos dar uma olhada nos games que “fizeram vergonha” e nos maiores sucessos de 2020?

“Os Piores do Ano” no Metacritic

Tiny Racer

Antes de apresentar a lista com os “Piores do Ano”, vale destacar que o Metacritic considera os jogos com as piores médias em uma única plataforma. Isto é, se um game possui versões para Xbox One e PS4, por exemplo, se a média for ruim em ambas as plataformas, o título fará uma “aparição dupla” na lista. Confira…

  1. Tiny Racer (Switch) – Média: 29
  2. XIII Remake (Xbox One) – Média: 32
  3. Dawn of Fear (PS4) – Média: 33
  4. Velozes e Furiosos: Encruzilhada (PC) – Média: 34
  5. Arc of Alchemist (Switch) – Média: 36
  6. Remothered: Broken Porcelain (PC) – Média: 39
  7. Tamarin (PS4) – Média: 40
  8. Street Power Soccer (PS4) – Média: 41
  9. Gleamlight (Switch) – Média: 42
  10. The Elder Scrolls: Blades (Switch) – Média: 42

Como pôde notar, as principais plataformas tiveram “representantes” na lista e alguns jogos que deveriam ter sido grandes sucessos, como XIII Remake, Remothered: Broken Porcelain e Velozes e Furiosos: Encruzilhada, acabaram sendo grandes decepções.

De todo modo, o prêmio de “Pior Jogo do Ano” ficou com Tiny Racer (Switch), que foi duramente criticado por oferecer um gameplay muito pobre. Enfim, esses foram os “Piores Jogos do Ano”.

“Os Melhores do Ano” no Metacritic

Persona 5 Royal

Ok… agora que já falamos sobre as decepções de 2020, podemos dar uma olhada na lista com os jogos que apresentaram as médias mais altas neste ano. Nesse caso, assim como na lista apresentada acima, são consideradas as melhores médias obtidas em cada plataforma. Eis a lista…

  1. Persona 5 Royal (PS4) – 95
  2. The Last of Us Part II (PS4) – 93
  3. Hades (Switch) – 93
  4. Half-Life: Alyx (PC) – 93
  5. Ori and the Will of the Wisps (Switch) – 93
  6. Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age – Definitive Edition (PS4) – 93
  7. Hades (PC) – 93
  8. Demon’s Souls (PS5) – 92
  9. Microsoft Flight Simulator (PC) – 91
  10. Crusader Kings III (PC) – 91

Obviamente, a maior surpresa dessa lista fica logo na primeira posição. Afinal, The Last of Us: Part II, que foi o GOTY em diversas premiações, acabou ficando em segundo lugar, logo atrás de Persona 5 Royal (que agora é o GOTY 2020, segundo o Metacritic).

De qualquer maneira, temos aqui uma lista bem interessante, com muitos títulos que foram elogiados de forma eloquente ao longo do ano. E o detalhe interessante é a “presença dupla” do incrível Hades.

Resumindo, com essas listas do Metacritic podemos ter uma noção clara do que rolou de melhor e de pior em 2020. Sem dúvidas, o ano foi cheio de grandes games, muitas surpresas e terríveis fracassos. Até a próxima…

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Nosso canal no Youtube

Posts Recentes

Trending