Siga nossas redes sociais

Hearthstone

Nova expansão de Hearthstone promove volta às “origens do game”

Publicado

em

Antes de se tornar um dos maiores nomes do mundo dos eSports, Hearthstone foi um game dotado de um excelente conteúdo single player. Sim, o game foi aproveitado por muitos players de forma solitária, até que o multiplayer acabou caindo no gosto de todos, deixando esse “conteúdo solo” em segundo plano. Daí, depois disso, já sabemos o que aconteceu…

Contudo, parece que o pessoal da Blizzard está preocupado em promover um retorno às origens do game. Como prova disso, temos a nova expansão, chamada Despertar de Galakrond, que foi liberada ontem, 21 de janeiro de 2020… vamos entender melhor essa história?

Hearthstone: Despertar de Galakrond…

A expansão Despertar de Galakrond, com foi dito, chegou ao game Hearthstone no dia 21 de janeiro, apresentando-se como o capítulo final do chamado “Ano do Dragão”.

Conforme foi anunciado pela Blizzard, essa nova expansão foi elaborada com a intenção de promover um retorno ao formato original de aventuras solo do jogo. Despertar de Galakrond trouxe duas belas campanhas, nas quais os players podem enfrentar 24 chefes (com decks pré-montados) para conquistar 35 novas cartas colecionáveis.

Como não poderia deixar de ser, o foco das campanhas será o desenvolvimento de duas linhas narrativas.

Na primeira campanha, os players ingressam na chamada Liga do Mal e assumem a missão de despertar o terrível Galakrond.

Na segunda campanha, os players lutam do outro lado, ou seja, na Liga dos Exploradores. Obviamente, o objetivo é impedir os planos malignos dos inimigos e evitar o despertar do progenitor de dragões (Galakrond).

Além da opção de superar as aventuras com os baralhos pré-montados, existirá também um modo heroico, no qual os players poderão montar seus decks e ganhar diferentes versões de cartas à medida que forem superando os desafios.

O que dizer da nova expansão de Hearthstone?

Bem, é inegável que a ideia da expansão Despertar de Galakrond foi promover um “retorno” às mecânicas originais do título. Aliás, esse fato foi confirmado pelo próprio Ryan Collins, que é o designer de missões do game.

Collins pontuou que a nova expansão, além de resgatar aspectos da narrativa de Hearthstone oferece aos players a oportunidade de revisitar mecânicas clássicas do jogo e se divertir em embates desafiadores contra os chefões.

“Essa era a forma certa de terminar a narrativa deste ano, com uma aventura que tem um grande foco na história, mas que também é uma forma de revisitar todas as mecânicas que introduzimos ao longo do ano”, disse o designer.

Resumindo, a nova expansão de Hearthstone, Despertar de Galakrond, é um presente muito bem-vindo, já que ela adiciona ao game um conteúdo diferenciado e nos faz relembrar que o título da Blizzard pode oferecer muito mais do que duelos e grandes competições. Então, é só aproveitar. Até mais…

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Trending

X