Siga nossas redes sociais

Outros Games

Project A: comentarista de CS:GO expõe as primeiras impressões sobre o FPS da Riot

Publicado

em

No mês de outubro de 2019, a Riot Games, criadora do lendário League of Legends, apresentou ao mundo a notícia de que estava criando um shooter FPS chamado Project A (nome provisório). Contudo, após esse primeiro anúncio impactante, a empresa passou a guardar muitos segredos em relação ao título.

Agora, alguns meses depois, algumas informações pontuaram que a Riot disponibilizou o game para que um seleto grupo de pessoas relacionadas ao mundo dos eSports pudesse testá-lo. Dentre essas pessoas, HenryG , comentarista de CS:GO, foi aquele que liberou as primeiras impressões acerca do game… vamos conferir o que ele declarou?

Project A, nas palavras de HenryG

HenryG é um famoso comentarista de CS:GO, que chegou a participar dos primeiros testes realizados no shooter da Valve. Isto é, os comentários feitos em relação ao vindouro Project A vêm de uma fonte que sabe do que está falando.

Portanto, as análises foram bem técnicas, com o comentarista realizando comparações e chamando a atenção para as semelhanças entre o projeto da Riot e outros games famosos, como Overwatch, Apex Legends e, mais especificamente, CS:GO. Confira:

“Primeiro de tudo, em sua essência, Project A é um jogo de tiro tático de 5 contra 5 em rodadas (mais similar com CS:GO como uma análise de comparação rasa via Twitter), com os melhores (e levemente diluídos) elementos de FPS de classe/herói como Overwatch e Apex Legends, por exemplo.”

Além disso, cabe destacar que os resultados da análise foram apresentados via Twitter e os trechos apresentados neste post são partes destacadas dos tweets (em versões traduzidas). Continuando…

Em dado momento, HenryG destacou que apenas testou um dos modos de jogo do título. E o modo testado guardava muitas semelhanças estruturais com CS:GO, especialmente as mudanças entre ataque e defesa e os pontos para “plantar bombas”.

Ainda assim, ele destacou algumas particularidades do game, especialmente, no que diz respeito às classes e habilidades dos personagens…

“Na minha opinião, as classes citadas anteriormente e suas ‘habilidades’ únicas devem ser vistas como uma utilidade tática ao invés de um feitiço/ultimate potencialmente superpoderoso que outros jogos do tipo sofrem […] falando em geral, ‘habilidades’ devem ser primariamente compradas no começo de cada rodada ao invés de adquiridas com o tempo, com a mesma reserva econômica das armas”.

Além disso, HenryG ainda fez elogios ao gameplay, destacando as mecânicas das armas e como o sistema econômico acaba tomando um viés estratégico, uma vez que faz os players questionarem sobre investir em armas ou em habilidades…

“Você pode se divertir bastante jogando sem ter que depender *muito* das habilidades para te ajudarem no seu jogo […] dito isso, não há nada mais satisfatório do que soltar um combo de habilidades de movimento que isolam seus oponentes para dar espaço antes de puxar o gatilho para o golpe final.”

Enfim, para encerrar, o comentarista foi enfático ao alegar que Project A é o melhor jogo que ele já jogou desde CS:GO. E isso, claro, nos permite imaginar que o título da Riot pode vir a se tornar o grande antagonista do título da Valve.

Agora só nos resta aguardar pelo promissor Shooter FPS

Apesar de as informações dadas pelo comentarista HenryG terem chamado maior atenção, a Riot convidou uma boa quantidade de pessoas para a realização dos testes. Aliás, até mesmo os brasileiros Gaulês, Tecnosh e Fly (muito conhecidos por fãs de CS:GO e LoL) marcaram presença nesses testes.

Os três brasileiros também deixaram algumas impressões sobre o jogo no Twitter. Porém, eles foram mais sucintos e menos técnicos. De todo modo, em um formato resumido, podemos dizer que o trio gostou do que viu e já marcou Project A como um título bastante promissor.

Sendo assim, podemos concluir que Project A pode vir a ser um grande nome no mundo dos eSports. Por ora, o game ainda não tem uma data de lançamento definida. Na verdade, nem mesmo o nome “Project A” é definitivo. Temos que ficar de olho nas movimentações da Riot Games.

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Outros Games

RTX ON: Dezenas de novos jogos recebem Ray Tracing e DLSS neste ano

Publicado

em

Por

Outubro e novembro prometem dias movimentados aos gamers, especialmente os equipados com uma placa NVIDIA GeForce RTX, que terão à disposição dezenas de novos jogos com suporte ao Ray-Tracing e DLSS.

Três novos jogos terão funções RTX:

  • Ghostrunner – chegando em 27 de outubro com reflexos e sombras em Ray Tracing e com DLSS.
  • Pumpkin Jack – chegando em 23 de outubro com reflexos e sombras em Ray Tracing, iluminação melhorada e DLSS.
  • Xuan-Yuan Sword VII – chegando em 28 de outubro com iluminação em Ray Tracing e DLSS.

Quatro títulos já lançados serão atualizados com suporte a Ray Tracing em novembro:

  • Edge of Eternity – já disponível em acesso antecipado, receberá suporte ao DLSS.
  • Mortal Shell – com sombras em Ray Tracing e DLSS.
  • Mount & Blade II: Bannerlord – com DLSS.
  • World of Warcraft: Shadowlands – com sombras em Ray Tracing.

World of Warcraft: Shadowlands

Dois games chegarão em acesso antecipado já com RTX ON:

  • Enlisted – o beta fechado que começa em novembro já terá iluminação global em Ray Tracing e DLSS.
  • Ready or Not – reflexos, sombras e oclusão de ambiente em Ray Tracing e DLSS estarão disponíveis no acesso antecipado do jogo ainda este ano.

E não podemos esquecer os grandes “blockbusters” de fim de ano:

  • Watch Dogs: Legion – chega em 29 de outubro com reflexos em Ray Tracing e DLSS.
  • Call of Duty: Black Ops Cold War – chega em 13 de novembro com Ray Tracing e DLSS.
  • Cyberpunk 2077 – chega em 19 de novembro com reflexos, oclusão de ambiente, sobras e iluminação difusa em Ray Tracing, assim como o DLSS.

RTX ON: Dezenas de novos jogos recebem Ray Tracing e DLSS neste ano

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Continuar lendo

Outros Games

Assassin’s Creed Valhalla: Ubisoft revela conteúdos do Passe de Temporada

Publicado

em

Por

A Ubisoft revelou nesta terça-feira (20) os passes de temporada do jogo Assassin’s Creed Valhalla. A novidade foi anunciada através de um vídeo em seu canal oficial do Youtube.

O jogo contará com duas expansões intituladas “Wrath of the Druids” e “The Siege of Paris”.

Além disso, um dos conteúdos gratuitos já revelados é o “Festival Viking Tradicional” que acontecerá no acampamento de Eivor com um novo modo de jogo “The River Raids” e um sistema de Ranks de Jomsvikings.

Wrath of the Druids

Nesta expansão sua missão está localizada na Irlanda e seu objetivo é explorar uma seita misteriosa de druidas.

Mergulhe nos mitos e no folclore gaélico e em florestas assombradas ou paisagens únicas.

The Siege of Paris

Ambientada na França, os portadores do Passe irão viver a Lenda de Beowulf com uma missão totalmente exclusiva.

Reviva uma das batalhas mais sangrentas e ambiciosas da história viking.

Assassin's Creed Valhalla

A expansão está programada ainda para o fim de 2020 e antecede outras três atualizações grátis, agendadas para os três primeiros trimestres de 2021.

Cada temporada também trará novas habilidades, armas, equipamentos e itens cosméticos para barcos, acampamentos, cavalos e para o corvo.

Assassin’s Creed Valhalla chega ao PlayStation 4, Xbox One e PC no dia 10 de novembro; o game também será disponibilizado para Xbox Series X/S e PlayStation 5.

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Continuar lendo

Outros Games

Elencos do Detroit: Become Human estarão presentes em Cyberpunk 2077

Publicado

em

Por

Mais uma grande novidade foi anunciada para Cyberpunk 2077! Agora, além de Keanu Reeves (Matrix, John Wick) presente no game, os atores Bryan Dechart e Amelia Rose Blaire também farão parte do projeto.

O casal interpretou o papel de Connor e Tracis em Detroit: Become Human, um sucesso mundial que foi lançado em 2018. Eles compartilharam em suas páginas oficiais do Twitter a notícia:

A Rose interpretará o papel de uma mulher que no momento ainda não foi revelado o nome e Bryan assumirá o papel de uma máquina de venda automática inteligente.

Cyberpunk 2077 será comercializado a partir do dia 19 de novembro. Um RPG de mundo aberto baseado no board-game Cyberpunk 2020.

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Continuar lendo

Trending

X