Siga nossas redes sociais

Outros Games

Project A: comentarista de CS:GO expõe as primeiras impressões sobre o FPS da Riot

Publicado

em

No mês de outubro de 2019, a Riot Games, criadora do lendário League of Legends, apresentou ao mundo a notícia de que estava criando um shooter FPS chamado Project A (nome provisório). Contudo, após esse primeiro anúncio impactante, a empresa passou a guardar muitos segredos em relação ao título.

Agora, alguns meses depois, algumas informações pontuaram que a Riot disponibilizou o game para que um seleto grupo de pessoas relacionadas ao mundo dos eSports pudesse testá-lo. Dentre essas pessoas, HenryG , comentarista de CS:GO, foi aquele que liberou as primeiras impressões acerca do game… vamos conferir o que ele declarou?

Project A, nas palavras de HenryG

HenryG é um famoso comentarista de CS:GO, que chegou a participar dos primeiros testes realizados no shooter da Valve. Isto é, os comentários feitos em relação ao vindouro Project A vêm de uma fonte que sabe do que está falando.

Portanto, as análises foram bem técnicas, com o comentarista realizando comparações e chamando a atenção para as semelhanças entre o projeto da Riot e outros games famosos, como Overwatch, Apex Legends e, mais especificamente, CS:GO. Confira:

“Primeiro de tudo, em sua essência, Project A é um jogo de tiro tático de 5 contra 5 em rodadas (mais similar com CS:GO como uma análise de comparação rasa via Twitter), com os melhores (e levemente diluídos) elementos de FPS de classe/herói como Overwatch e Apex Legends, por exemplo.”

Além disso, cabe destacar que os resultados da análise foram apresentados via Twitter e os trechos apresentados neste post são partes destacadas dos tweets (em versões traduzidas). Continuando…

Em dado momento, HenryG destacou que apenas testou um dos modos de jogo do título. E o modo testado guardava muitas semelhanças estruturais com CS:GO, especialmente as mudanças entre ataque e defesa e os pontos para “plantar bombas”.

Ainda assim, ele destacou algumas particularidades do game, especialmente, no que diz respeito às classes e habilidades dos personagens…

“Na minha opinião, as classes citadas anteriormente e suas ‘habilidades’ únicas devem ser vistas como uma utilidade tática ao invés de um feitiço/ultimate potencialmente superpoderoso que outros jogos do tipo sofrem […] falando em geral, ‘habilidades’ devem ser primariamente compradas no começo de cada rodada ao invés de adquiridas com o tempo, com a mesma reserva econômica das armas”.

Além disso, HenryG ainda fez elogios ao gameplay, destacando as mecânicas das armas e como o sistema econômico acaba tomando um viés estratégico, uma vez que faz os players questionarem sobre investir em armas ou em habilidades…

“Você pode se divertir bastante jogando sem ter que depender *muito* das habilidades para te ajudarem no seu jogo […] dito isso, não há nada mais satisfatório do que soltar um combo de habilidades de movimento que isolam seus oponentes para dar espaço antes de puxar o gatilho para o golpe final.”

Enfim, para encerrar, o comentarista foi enfático ao alegar que Project A é o melhor jogo que ele já jogou desde CS:GO. E isso, claro, nos permite imaginar que o título da Riot pode vir a se tornar o grande antagonista do título da Valve.

Agora só nos resta aguardar pelo promissor Shooter FPS

Apesar de as informações dadas pelo comentarista HenryG terem chamado maior atenção, a Riot convidou uma boa quantidade de pessoas para a realização dos testes. Aliás, até mesmo os brasileiros Gaulês, Tecnosh e Fly (muito conhecidos por fãs de CS:GO e LoL) marcaram presença nesses testes.

Os três brasileiros também deixaram algumas impressões sobre o jogo no Twitter. Porém, eles foram mais sucintos e menos técnicos. De todo modo, em um formato resumido, podemos dizer que o trio gostou do que viu e já marcou Project A como um título bastante promissor.

Sendo assim, podemos concluir que Project A pode vir a ser um grande nome no mundo dos eSports. Por ora, o game ainda não tem uma data de lançamento definida. Na verdade, nem mesmo o nome “Project A” é definitivo. Temos que ficar de olho nas movimentações da Riot Games.

Continuar lendo

Outros Games

Versão Remake de 007 GoldenEye é cancelada por questões de direitos autorais

parece que o sonho de lançar o game 007 GoldenEye Remake em 2022, como uma forma de comemorar seus 25 anos, não será mais realizado.

Publicado

em

Atualmente, os projetos fan-made têm renovado as esperanças dos players em relação ao retorno de games que marcaram época, mas foram esquecidos por suas desenvolvedoras. Nesse caso, gostaria de chamar a sua atenção para uma história que, infelizmente, não acabou bem…

Há algum tempo, um grupo de fãs resolveu dar início à criação de uma versão remake para o clássico 007 GoldenEye, que brilhou no Nintendo 64. O projeto estava caminhando bem, até que, por questões relacionadas a direitos autorais, tudo teve que ser cancelado… vamos entender essa história?

007 GoldenEye Remake

007 GoldenEye Remake

007 GoldenEye Remake

Quem foi gamer durante a década de 1990 deve se lembrar do lendário 007 GoldenEye, do Nintendo 64. O game fez tanto sucesso, muito por conta do seu divertido modo multiplayer, que até mesmo quem não possuía o console da Nintendo reconhecia a grandeza do título.

E foi por reconhecer a importância desse game que um grupo de fãs resolveu dar início à produção de uma versão remake. Contudo, parece que o sonho de lançar o game em 2022, como uma forma de comemorar seus 25 anos, não será mais realizado.

De acordo com alguns relatos, a MGM Studios e a Danjaq, empresas detentoras dos direitos da marca e do game, entraram em contato com os responsáveis pelo projeto e “solicitaram” o fim de todas as ações, com base em questões de direitos autorais.

Isto é, assim como aconteceu com muitos projetos fan-made, o remake de 007 GoldenEye teve que ser cancelado, por ordem das empresas que controlam os direitos relacionados às IPs.

Como não poderia deixar de ser, o time de desenvolvimento do game foi até as redes sociais para informar a todos e explicitar suas tristezas. Ainda assim, o comunicado deu a entender que os assets criados até o momento serão reaproveitados em um game original.

007 GoldenEye Remake

007 GoldenEye Remake

“A maioria dos assets podem ser reutilizados de alguma forma. Não é tão como ter de começar de novo”, dizia o comunicado da equipe de desenvolvimento.

De qualquer forma, o fato é que o projeto estava caminhando muito bem e, muito provavelmente, cairia “nas graças dos players”.

Como pôde perceber, a reconstrução do game estava indo muito bem e todas as estruturas pareciam ter sido feitas com enorme carinho. Realmente, é uma pena que tudo tenha sido cancelado.

Enfim, o que nos resta agora é aguardar pelas novidades, tanto em relação ao game original, que esse 007 GoldenEye Remake pode vir a se tornar, quanto em relação às empresas detentoras dos direitos autorais, que podem se animar com um remake. Temos que ficar de olho! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

The Last of Us: Part II – Naughty Dog revela detalhes da nova atualização

Publicado

em

Polêmicas à parte, é inegável que The Last of Us: Part II é um dos grandes games lançados em 2020 e um forte candidato ao prêmio de melhor jogo do ano na cerimônia do The Game Awards. Pois é! A Naughty Dog fez um excelente trabalho e parece estar disposta a melhorá-lo ainda mais.

“Digo” isso, pois a empresa resolveu liberar uma nova atualização para o game. Esse “update” trará uma série de novidades e promete elevar o nível de dificuldade ao máximo, posicionando-se como uma excelente opção para os players que curtem grandes desafios… vamos aos detalhes?

Novidades em The Last of Us: Part II

The Last Of Us part II

Ontem, 11 de agosto, a Naughty Dog resolveu ajustar as expectativas dos players em relação à próxima atualização de The Last of Us: Part II. As novidades serão adicionadas amanhã, 13 de agosto, e terão como grande destaques alguns elementos dos jogos do gênero roguelike.

Isso mesmo! Você não leu errado. Os jogos do tipo roguelike, que são marcados por apresentarem a temida “pemadeath” (morte permanente) e altos níveis de dificuldade, foram a inspiração para a próxima atualização do game.

Segundo a Naughty Dog, a atualização adicionará um “modo punitivo”, que não dará “moleza” para os players. Ao longo da jornada, nesse modo de jogo, os players que cometerem algum deslize terão que recomeçar a aventura, desde o início.

Logicamente, o sistema pode ser ajustado. Isto é, os players poderão definir se a morte os levará para o início de um capítulo, um ato ou do jogo. Essa versatilidade pode ser bem atrativa para os mais audaciosos.

Vale destacar que uma série de pequenos elementos também será lançada junto com a atualização. Nesse caso, o destaque vai para a adição de novos níveis de dificuldade, novos troféus, opções para a seleção de munição infinita ou recursos infinitos para criar novos itens e, claro, muitos ajustes e otimizações de ordem técnica.

Em suma, a nova atualização de The Last of Us: Part II chegará para trazer de volta os players que já completaram o game e desafiá-los com situações de extrema dificuldade. Logo, vale a pena conferir! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Pacer é anunciado aos Consoles e PC em 17 de Setembro

A R8 Games anunciou nesta terça-feira a chega do game Pacer para consoles e PC no dia 17 de setembro. Um jogo épico de corrida!

Publicado

em

Por

A R8 Games anunciou esta semana a chegada do game Pacer para consoles e PC no dia 17 de setembro. Um jogo épico de corrida e combate anti-gravidade!

Em seu lançamento, os gamers poderão correr em uma ampla variedade de modos para uma pessoa ou com até 10 jogadores via multiplayer online.

Características do jogo Pacer

PACER

PACER

  • Naves altamente personalizáveis – escolha entre cinco tipos de naves e depois vá para a garagem para personalizar totalmente sua aparência, desempenho e armamento.
  • Corra pelo mundo – com 14 pistas únicas e desafiadoras com variações​​(Noite, Espelho, Revertida), oferecendo até 8 maneiras diferentes de correr em qualquer circuito.
  • Escolha o seu modo – com 8 modos de jogo, incluindo Eliminação, Resistência e os modos exclusivos do PACER ‘Flowmentum’ e ‘Storm’, inspirado em Battle Royale.
  • Modo de campanha – evolua a partir de um piloto estagiário e avance através de 10 equipes de corrida exclusivas para se tornar o campeão mundial em PACER.
  • Música – apresentando faixas originais criadas por Tim Wright, também conhecido como CoLD SToRAGE.
  • Otimizado para o online – com 10 jogadores simultâneos, Modo Online Ranqueado para você competir contra os melhores do mundo e Torneio Online/Modo Espectador para streaming fácil e eventos divertidos para todos os níveis de jogadores.

O Campeonato Mundial de PACER tornou-se o novo ápice do automobilismo anti-gravidade, proporcionando corridas de alta velocidade nos circuitos mais perigosos e desafiadores do mundo.

Corporações de todo o mundo correm umas contra as outras em uma batalha de proezas técnicas e pilotos com o objetivo de ganhar o campeonato e alcançar a vitória final.

 

 

Continuar lendo

Trending

X