Sábado, 07 de Dezembro de 2019
Notícias sobre Games e e-Sports


Remakes e Remasters para exportação: será essa a nova aposta dos japoneses?

Se há algo que muitos gamers, especialmente os fãs de jogos RPG, podem reclamar é o fato de que muitas…

Por Yohan , em Outros Games , data: 4 de dezembro de 2019 Tags:,


Se há algo que muitos gamers, especialmente os fãs de jogos RPG, podem reclamar é o fato de que muitas das pérolas criadas pelos japoneses jamais foram lançadas aqui no Ocidente. No entanto, alguns Remakes e Remasters (lançados recentemente) nos permitem concluir que o Japão pode estar disposto a exportar alguns desses “tesouros perdidos”.

No mundo de hoje, graças à internet, o mundo dos games não tem mais barreiras. Por isso, parece que o cenário atual é propício para que jogos jamais lançados no Ocidente possam finalmente chegar às mãos dos players deste lado do globo.

Sabendo disso, resolvi criar um lista com títulos que seguem esse raciocínio e opções que poderiam “entrar nessa onda de Remakes e Remasters”. Se você é fã de jogos de RPG, é bom não deixar de conferir…

Tales of Vesperia: Definitive Edition

Lançado em janeiro de 2019, Tales of Vesperia: Definitive Edition pode ter sido um dos impulsionadores dessa onda de Remakes e Remasters. O jogo original foi lançado em 2008 e até chegou ao Ocidente. Contudo, a versão para PS3, que tinha personagens adicionais, jamais saiu do Japão.

Em Tales of Vesperia: Definitive Edition, todo o conteúdo da versão do PS3 foi adicionado àquilo que os fãs já conheciam e amavam. Atualmente, o jogo está figurando na lista dos mais vendidos, entre os RPGs da Steam. Isto é, franquias japonesas de renome têm um mercado consumidor que as receberá de braços abertos.

Tales of Rebirth & Tales of Destiny 2

A franquia Tales of, da Bandai Namco, é uma das mais famosas da história dos jogos de RPG. Os títulos que vieram para o Ocidente ainda deixam saudades e Tales of Vesperia, que foi citado acima, é um exemplo disso.

Na história dessa franquia lendária, temos muitos títulos que ficaram apenas no Japão. Nesse caso, minha lista de desejos incluiria Tales of Rebirth (de 2004) e Tales of Destiny 2 (de 2002). Ambos os games foram títulos do PS2. Logo, Remakes e Remasters dessas aventuras seriam muito interessantes.

Trials of Mana

Trials of Mana é mais um game que dá força à teoria de que o Japão pode estar se aproveitando da “onda dos Remakes e Remasters” para exportar alguns dos seus títulos inéditos no Ocidente. O game original foi lançado em 1995 e o Remake já está prometido para o dia 24 de abril de 2020.

Nessa versão Remake, o jogo será completamente repaginado, mantendo a história original, mas recebendo diversas adições, além de gráficos de última geração. O sucesso desse projeto, pode ser uma grande motivação para a Square resolver apostar em lançamentos semelhantes.

Star Ocean First Departure R

Surgindo como uma versão remaster do primeiro jogo da franquia Star Ocean (que foi lançado em 1996), Star Ocean First Departure R tem lançamento previsto para o dia 05 de dezembro. Sinceramente, foi esse título que motivou este post. Afinal, me pareceu uma movimentação bem suspeita dos desenvolvedores japoneses.

Cabe lembrar que no dia 03 de dezembro, uma versão remaster do jogo SaGa Scarlet Grace: Ambitions foi lançada também. O mês de dezembro pode ser mais um indício para fomentar essa teoria.

Bahamut Lagoon

Durante a era do Super Nintendo, a Squaresoft dominou o mundo dos RPGs com títulos incríveis. Bahamut Lagoon, de 1996, foi um desses títulos e jamais chegou até o ocidente. O jogo seguiu a linha da franquia Final Fantasy, aliás, o título inicial do projeto era Final Fantasy Tactics.

Se a Square resolvesse olhar para a era do Super Nintendo e aproveitar a onda dos Remakes e Remasters, esse seria um título imperdível. Todo o mundo fantasioso do game poderia ser aproveitado com maestria pela tecnologia atual.

Romancing SaGa 2

Como um versão remaster de Romancing SaGa 3 foi lançada recentemente, não seria exagero algum imaginar que Romancing SaGa 2 pode vir para o Ocidente. Logicamente, o resultado das vendas do remaster mais recente será determinante para que isso aconteça.

A franquia SaGa é muito famosa no Japão e poucos título realmente causaram impacto aqui no Ocidente. Para quem curte um bom RPG, é inegável que as histórias contadas nos títulos são de primeira linha.

Dragon Quest V: Hand of the Heavenly Bride

Quem vê a franquia Dragon Quest assim, com tantos títulos, acaba deixando passar o fato de que Dragon Quest V: Hand of the Heavenly Bride jamais foi lançado no Ocidente. Esse game, que foi lançado originalmente em 1992 (para o SNES), chegou a receber remakes para o PS2 e para o Nintendo DS. Remakes que também nunca saíram do Japão.

Diante do sucesso do aclamado Dragon Quest XI, último a ser lançado na franquia, uma tentativa de lançar Dragon Quest V: Hand of the Heavenly Bride no Ocidente, ao que tudo indica, seria muito bem-vinda.

Terranigma

Para fechar esta lista com games poderiam ser exportados do Japão, acompanhando a onda dos Remakes e Remasters, Terranigma é uma opção que não poderia faltar. O jogo, por vias oficiais, jamais saiu do Japão.

Esse clássico é uma das grandes obras-primas do Super Nintendo e, muito provavelmente, é um dos jogos mais injustiçados da história. As construções da aventura estavam à altura de todos os grandes games da época (1995) e a história é impecável. Um remake ou remaster iria desfazer uma injustiça histórica.

Será que a teoria de Remakes e Remasters para exportação está correta?

Como pôde perceber, esta lista deixa claro que títulos que jamais saíram do Japão têm conseguido chamar a atenção no Ocidente e que não faltam opções ainda não exploradas.

Observando as movimentações da indústria, tudo nos leva a crer que essa pode ser uma tendência para o futuro. Como sou um fã de jogos de RPG, principalmente dos jogos da franquia Tales of, ver essa grande quantidade de Remakes e Remasters saindo do Japão é algo animador. Vamos torcer para que a minha teoria esteja certa. Até mais…

Compartilhe isso...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email