Siga nossas redes sociais

League of Legends

Resumão da 6º semana do CBLOL: deu ruim para a paiN Gaming; Flamengo com melhoras e muito mais

Publicado

em

Mais um final de semana chegou, e com ele o nosso querido CBLOL 2020. O torneio está na metade do seu segundo split e já ta pegando fogo. Equipes desfalcadas, times perdendo sua tirania, mudança de coach e muito mais. Fique ligado agora no nosso resumão da sexta semana do Campeonato Brasileiro de League of Legends.

11º rodada – Sábado (11/07)

INTZ x Santos e-Sports

Começando pela primeira partida entre Santos e-Sports e INTZ. O peixão começou garantindo o First Blood e mais para frente um abate duplo na rota do topo, onde a vantagem da equipe se concentrou.

A pressão na rota do meio era da INTZ, por conta disso, o caçador da equipe dos intrépidos não teve dificuldade para fazer os objetivos.

A composição da INTZ tinha bastante pressão global, com os campeões Ashe e LeBlanc. Enquanto a composição e o estilo de jogo do Santos confiava muito na sua rota superior.

Por conta disso não teve jeito, a INTZ fez todos os objetivos e rotacionou com maestria para levar as torres, garantindo assim a vitória contra o time alvinegro.

MVP: Shini – 6/2/13 de Graves

Flamengo e-Sports x Prodigy

O time do Flamengo continua em sua decadência. A equipe está passando por uma enorme crise e está decepcionando a todos com o seu desempenho no torneio.

A equipe perdeu mais um jogo, dessa vez contra a PRG que segue imparável no CBLOL, sendo um time com bastante potencial para bater de frente com os gigantes no topo da tabela.

No jogo, a pressão da PRG na rota inferior era muito boa, a Ashe abriu vantagem logo cedo e a partida foi se mantendo em alguns abates isolados e objetivos bem distribuídos.

A equipe da Prodigy deu uma tropeçada que ajudou muito o Flamengo a voltar para o jogo, desacelerando o andamento da partida, mas não foi o suficiente para o Flamengo levar a vitória e a equipe dos prodígios acabou levando a melhor.

O Flamengo segue em sua terceira derrota seguida.

MVP: dyNquedo – 8/4/10 de Twisted Fate

Kabum e-Sports x FURIA

Uma partida belíssima por parte da equipe da Kabum. A equipe montou uma composição muito forte e com muito potencial para as lutas.

Bastante controle de grupo, potencial de split push e uma facilidade imensa para conquistar os objetivos.

A equipe da FURIA terminou o jogo com apenas um abate. Um jogo morno em questão de eliminações, mas uma aula de execução por parte dos ninjas.

MVP: Revolta – 3/0/2 de Nidalee

paiN Gaming x Vivo Keyd

E a surpresa dessa rodada vai para esse confronto. A paiN que vinha em uma série de vitórias, estava impressionando todo mundo, mas finalmente perdeu, contra o último time da tabela.

A equipe da paiN realizou um jogo com um nível de execução inferior aos passados. Varias lutas mal feitas e enrolação para fazer os objetivos foram algumas das brechas que a Keyd tirou proveito para punir a paiN.

As eliminações se mantiveram quase sempre empatadas, mas a equipe da Vivo Keyd conseguiu pegar a alma do dragão, um objetivo que faz muita diferença para o andamento da partida.

Em uma luta mal feita na T2 da rota do meio, a Keyd conseguiu dois abates contra a paiN e invadiu a base da equipe, se firmando na partida e garantindo a vitória.

MVP: Professor – 2/1/13 de Rakan

12º rodada – Domingo (12/07)

Prodigy x INTZ

A INTZ começou o jogo com a equipe bem participativa, já com um gank na rota inferior no começo do jogo garantindo o First Blood. Porém, em uma luta mal executada em busca do Arauto, a Prodigy conseguiu levar a melhor e alavancou daí em diante.

Os intrépidos possuíam a vantagem inicial dos dragões, mas em todas as lutas, a PRG estava levando a melhor. O Jayce estava causando bastante dano, o Varus causando dano em uma distância muito tranquila, Tahm Kench jogando de forma agressiva e sempre reposicionando seu time, etc.

Ganha quem executa melhor a partida e chega ao nexus, mesmo sendo um bom começo de partida para os intrépidos, a equipe da Prodigy garantiu sua série de vitórias e continua sua escalada na tabela.

MVP: Yampi – 8/1/6 de Lee Sin

paiN Gaming x Kabum e-Sports

Se tem uma partida que não foi nem um pouco boa para equipe da paiN foi essa contra a Kabum. A equipe foi destruída pelos ninjas, terminando o jogo com apenas um abate ao seu favor.

Vários placares negativos afetaram o desempenho da equipe no jogo. A Kabum se manteve muita agressiva, jogadas bastante inteligentes e trabalhando bem em cima dos erros da paiN.

As derrotas da paiN nessa semana não tiram o mérito da equipe até agora. Vários times estão se mostrando competentes e capazes de bater de frente sim com a equipe.

Só resta agora se prepararem melhor e não relaxarem porque estão no topo.

MVP: Ceos – 1/0/11 de Nautilus

Flamengo e-Sports x Vivo Keyd

O Flamengo finalmente conseguiu tirar esse peso das costas, uma vitória em cima da Keyd para levantar um pouco a moral do time.

A equipe rubro-negra tinha um jogo difícil pela frente, já que o Ekko tinha ficado muito forte, dando opções de crescer muito o jogo em cima disso.

Ficou muito disputado, os dragões empatados, abates sempre próximos. Mas o Flamengo finalmente jogou com inteligência e soube punir erros da equipe adversária.

A equipe ainda precisa melhorar em alguns pontos, mas já vimos uma evolução nesta rodada.

Quando o Flamengo conseguiu a alma do dragão do oceano o jogo começou a caminhar para a vitória rubro-negra, o bônus era muito forte para os campeões que faziam parte da composição da equipe.

No final só deu Flamengo, e esperamos que o time volte menos cabisbaixo na próxima semana.

MVP: Bvoy – 7/1/11 de Kai’Sa

FURIA x Santos e-Sports

Para fechar essa semana de confrontos, a vitória ficou para o lado da FURIA. Como os comentaristas muito bem apontaram, a equipe do Santos estava muito perdida nesse jogo.

A mudança da line-up afetou muito o desempenho da equipe. O time estava desfalcado, não estava muito participativo.

A equipe da FURIA possuía uma composição que era muito fácil de lutar, com a Orianna muito forte, um Thresh muito bem posicionado e que estava em todos os lugares.

Um Quadra Kill entrou pra conta do Anyyy que com certeza ficou com o MVP. A FURIA veio com tudo para cima de um time perdido, e garantiu o GG!

MVP: Anyyy – 8/0/13 de Orianna

Esse foi o resumão do que aconteceu na sexta semana de confrontos do CBLOL. Fique ligado para acompanhar o que está rolando por dentro do torneio nacional de League of Legends. Os confrontos que acontecerão na próxima semana, são:

Sábado (18/7)

  • FURIA x paiN Gaming
  • INTZ x Vivo Keyd
  • Santos HotForex x Prodigy
  • Flamengo x KaBuM

Domingo (19/7)

  • Vivo Keyd x FURIA
  • KaBuM x INTZ
  • Santos e-Sports x Flamengo e-Sports
  • Prodigy x paiN Gaming

 

 

League of Legends

Worlds 2020: INTZ se complica com a terceira derrota no mundial

Publicado

em

Por

No segundo dia do Worlds 2020, a equipe brasileira INTZ se mostrou apática e fez o seu pior jogo no mundial. Por outro lado, os turcos da SuperMassive apresentaram um jogo dominante desde o início da partida. Deste modo, foram apenas 27 minutos para a equipe turca sair com a vitória.

Confira alguns detalhes da partida.

Composições dos Times

intz-sup

A SuperMassive montou um equipe para “scaling” e a missão da INTZ era neutralizar essa estratégia no early game.

Nos primeiros minutos do jogo o topo da INTZ estava bem avançado e foi pego por um gank do jungle da equipe inimiga, mas a INTZ não deixou barato e logo cobrou um abate contra a Lulu do “Bolulu” na rota meio.

A INTZ conseguiu o primeiro dragão, como nas outras partidas, mas quando resolveram fazer o arauto, uma luta estourou no topo assim que o arauto foi morto e a SuperMassive saiu com a vantagem deixando três abates nas mãos do Shen o que iria dificultar muito a rota do “Tay” com se Renekton.

Na tentativa de cobrar o topo da SuperMassive, a equipe inteira da INTZ partiu para um dive, mas o topo “Armut” estava muito bem preparado. Após “Redbert” errar a iniciação com sua Leona o jogador inimigo conseguiu sair bem das habilidades da equipe brasileira e ainda conquistou mais dois abates.

Com um Shen gigantesco e um Hecarim extremamente forte a equipe da SuperMassive dominou os outros objetivos, fez todos os dragões e conquistou a alma da nuvem, derrotou o barão e com a vantagem de jogo partiu rumo a base da INTZ e acabou com a partida.

Veja os melhores momentos:

INTZ se complica no Mundial de League of Legends

Para sonhar com a permanência na competição a equipe brasileira depende de uma combinação de resultados e torcer para que os times não pontuem duas vitórias no grupo.

Nos jogos de ontem (25) a equipe brasileira conseguiu alguns bons momentos, bem diferente do que vimos hoje.

O jogador “Shini” comentou sobre a sensação de inferioridade que a equipe sente e que as derrotas deixam ele com vontade de chorar. A equipe está sendo extremamente cobrada nas redes sociais, por bons e maus torcedores.

O próximo jogo da INTZ será contra a Team Liquid na segunda-feira (28) às 07h.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: Intz termina o primeiro dia com duas derrotas

Publicado

em

Por

Infelizmente o primeiro dia não foi dos melhores para Intz. Mesmo com bons desempenhos individuais a equipe não conseguiu vencer o time que é considerado o mais “fraco” do grupo a Legacy Esports.

A partida contra a Legacy foi quase um replay do primeiro jogo. Onde a Intz começou perdendo o early game ao deixar a equipe da oceania abrir vantagem em ouro e assim conseguir sua vitória.

Composições dos Times

picks-intz-legacy

A Intz montou uma composição de “scaling” e apostava no Vladimir do “Tay” e o Ezreal do “Micao”.

Mas, assim como no jogo anterior a equipe ficou muito atrás em ouro, mesmo fazendo boas lutas e conseguindo alguns abates.

O jungle “Shini” dominou os dragões e garantiu a alma para a Intz, mas cada movimento da equipe brasileira era muito punido pela Legacy. Em um momento ao perder prioridade do dragão o jogador topo da Legacy utilizou seu teletransporte e conseguiu abrir o inibidor da rota topo. Desta forma eles neutralizavam qualquer tentativa de voltar ao jogo da equipe da Intz.

Por fim, a equipe da Legacy conseguiu uma luta 4×4 já que foçou o “Tay” no topo contra a Camille, e sem o Vladimir a equipe da oceania conseguiu elimitar os 4 jogadores da Intz e garantir o dragão ancião e seguiram rumo ao barão.

Com os dois Buffs não mão a Legacy partiu em direção a base inimiga, destruiu todos os inibidores e o nexus da equipe brasileira.

Veja os melhores momentos:

Começo de jogo complicado

A equipe da Intz está tendo um começo de jogo muito difícil, os times estão conseguindo uma vantagem de ouro muito grande e isso está pesando bastante no decorrer do jogo. A equipe consegue lutar bem e mesmo na desvantagem de ouro, consegue vencer algumas lutas.

Agora é acertar esse early game porque ainda teremos mais dois jogos um contra a Papara SuperMassive amanhã (26) às 06h e na segunda-feira (28) enfrentaremos a Team Liquid as 07h pelo Mundial de League of Legends de 2020.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: Intz estreia com derrota para Mad Lions no mundial

Publicado

em

Por

No jogo de abertura do mundial era de se esperar um pouco de nervosismo entre as equipes, mas com uma leitura mais apurada do jogo a Mad Lions conseguiu bater a Intz e abriu o mundial com uma grande vitória.

A Intz, por outro lado, fez sua parte e manteve a esperança de vitória durante o jogo, fez ótimas lutas, mas no fim acabou sendo derrotada. Agora vamos entender como a Mad Lions construiu sua vitória sobre a Intz.

Composição dos Times

picks-intz-mad

Intz possuía uma boa iniciação com “Micao” jogando de Ashe, “Tay” com seu Urgot e “Envy” de Tristana. E essa foi a jogada que eles sempre buscaram na hora das lutas.

A primeira grande jogada da partida foi na rota topo em um 2×2 entre “Tay” e “Shini” contra o Topo da Mad “Orome” e seu jungle “Shadow”. O abate parecia certo em cima do Jungle inimigo, mas “Tay” se confundiu e acabou utilizando um teletransporte na sentinela.

Depois do erro da equipe brasileira a Mad Lions volta ao topo e pune “Tay” e sai com o First Blood da partida.

Nesse momento o jogo começa ser dominado pela Mad, onde em todas as lanes exceto a Jungle, os jogadores da já estão com vantagens no Farm.

Após as lutas começarem a Intz saiu na vantagem, conseguiu alguns abates e se manteve na frente no placar de abates em boa parte do jogo, mas a vantagem de ouro ainda era da equipe da Mad Lions.

Depois de uma ótima luta onde a equipe da Intz conseguiu 2 abates na rota meio, a equipe da Mad Lions volta e cobra 2 abates da Intz e abre espaço para o barão que foi conquistado no limite, já que “Tay” fez uma ótima luta atrás do covil onde conseguiu duas eliminações.

Com barão em mãos a Mad Lions conseguiu abrir espaços no mapa e deixou o inibidor da rota meio exposto. A Intz buscou mais algumas lutas, mas a iniciação com “Micao” e “Tay” já não estava funcionando, assim a equipe europeia só administrou a vantagem até destruir o Nexus da equipe Brasileira.

Veja os melhores momentos:

Intz não decepcionou!

Mesmo saindo com a derrota a equipe brasileira mostrou que está preparada para os próximos desafios, fez ótimas jogadas e teve boas lutas, mas acabou perdendo nos detalhes.

A equipe enfrenta ainda hoje a Legacy Esports às 07 horas e pode garantir sua primeira vitória no Mundial de Lol 2020.

Continuar lendo

Trending

X