Siga nossas redes sociais

League of Legends

Worlds 2020: Intz estreia com derrota para Mad Lions no mundial

Publicado

em

Por

No jogo de abertura do mundial era de se esperar um pouco de nervosismo entre as equipes, mas com uma leitura mais apurada do jogo a Mad Lions conseguiu bater a Intz e abriu o mundial com uma grande vitória.

A Intz, por outro lado, fez sua parte e manteve a esperança de vitória durante o jogo, fez ótimas lutas, mas no fim acabou sendo derrotada. Agora vamos entender como a Mad Lions construiu sua vitória sobre a Intz.

Composição dos Times

picks-intz-mad

Intz possuía uma boa iniciação com “Micao” jogando de Ashe, “Tay” com seu Urgot e “Envy” de Tristana. E essa foi a jogada que eles sempre buscaram na hora das lutas.

A primeira grande jogada da partida foi na rota topo em um 2×2 entre “Tay” e “Shini” contra o Topo da Mad “Orome” e seu jungle “Shadow”. O abate parecia certo em cima do Jungle inimigo, mas “Tay” se confundiu e acabou utilizando um teletransporte na sentinela.

Depois do erro da equipe brasileira a Mad Lions volta ao topo e pune “Tay” e sai com o First Blood da partida.

Nesse momento o jogo começa ser dominado pela Mad, onde em todas as lanes exceto a Jungle, os jogadores da já estão com vantagens no Farm.

Após as lutas começarem a Intz saiu na vantagem, conseguiu alguns abates e se manteve na frente no placar de abates em boa parte do jogo, mas a vantagem de ouro ainda era da equipe da Mad Lions.

Depois de uma ótima luta onde a equipe da Intz conseguiu 2 abates na rota meio, a equipe da Mad Lions volta e cobra 2 abates da Intz e abre espaço para o barão que foi conquistado no limite, já que “Tay” fez uma ótima luta atrás do covil onde conseguiu duas eliminações.

Com barão em mãos a Mad Lions conseguiu abrir espaços no mapa e deixou o inibidor da rota meio exposto. A Intz buscou mais algumas lutas, mas a iniciação com “Micao” e “Tay” já não estava funcionando, assim a equipe europeia só administrou a vantagem até destruir o Nexus da equipe Brasileira.

Veja os melhores momentos:

Intz não decepcionou!

Mesmo saindo com a derrota a equipe brasileira mostrou que está preparada para os próximos desafios, fez ótimas jogadas e teve boas lutas, mas acabou perdendo nos detalhes.

A equipe enfrenta ainda hoje a Legacy Esports às 07 horas e pode garantir sua primeira vitória no Mundial de Lol 2020.

Um jogador nato, passei por quase todas as plataformas desde quando lançaram o NES. Desenvolvedor de Software e Blogueiro nas horas vagas.

League of Legends

LoL: YoDa avalia os Campeões Jarvan IV, Darius, Riven e Katarina

Publicado

em

Por

Causar dano de longa distância, optar por mobilidade, ser mais versátil, ter capacidade de lançar feitiços, priorizar a resistência ou outra estratégia?

Os mais de 150 Campeões permitem aos fãs de LoL que alinhem as suas habilidades às características dos personagens de inúmeros modos.

Campeão da primeira etapa do CBLoL 2017 e streamer com mais de 1.8 milhão de seguidores, Felipe ‘YoDa’ Noronha analisou quatro Campeões ‘8 ou 80’ que mexem com o espírito competitivo dos gamers.

Aos que amam, Jarvan IV, Darius, Riven e Katarina são escolhas certas. Contudo, devido às especificidades deles, os adversários costumam não gostar de os enfrentar.

Para YoDa, o quarteto exige muita mecânica e treinamento por parte dos gamers, entretanto, os bônus e as habilidades, se bem dominadas, podem dar grande vantagem aos players.

YoDa avalia quatro Campeões de LoL

Katarina LoL

Main Katarina, YoDa entende cada detalhe da Campeã. Por isso, criar jogadas e abusar da mobilidade dela são fundamentos essenciais para quem quer seguir os seus passos.

Além disso, Flash, para coletar uma adaga, por exemplo, além do Incendiar, que amplifica os danos, precisam estar no radar do player.

Outro, cuja criatividade se torna imprescindível é Riven. “Tem de arriscar muito. É um Campeão que precisa forçar jogadas boas e criativas. Se não for criativo, você não vai fazer nada no jogo. Se ficar com medo, joga de Soraka, Janna”, diz o paulista.

Entre os mais complexos, YoDa destaca Darius. Para se dar bem com o Campeão, ideal para a Top Lane de Summoner’s Rift, o streamer ressalta habilidade do jogador em conhecer exatamente o que pretende fazer no game, qual minion farmar, momento correto de ir para cima do adversário e, principalmente, o dano que vai causar. Se depender só do R, a chance de ir mal é grande.

Jarvan IV para early game potente

Jarvan IV

Por fim, Jarvan IV é uma excelente opção para um early game potente. “Abusar do level 2 ao 5 dele é muito bom. E é muito forte em Campeões que não têm muita mobilidade. Se não tiver Flash para escapar, você pode usar isso para ganhar. Se jogar com o Jarvan IV, precisa saber o timing do Flash de todo mundo”, completa.

Ex-participante e, atualmente, símbolo do Red Bull SoloQ, maior torneio mundial de LoL x1 para amadores, YoDa pôde conhecer diversos players e dar dicas para melhorar o desempenho de cada um nos últimos anos. E, em breve, ele se conectará aos quatro finalistas brasileiros da competição.

No início de novembro, o paulista Felipe ‘BF’ Gonçalves, o fluminense Eduardo ‘Tada’ Tadashi, o mineiro Lucas ‘Päce’ Ribeiro e o gaúcho Henrique ‘Henry9’ Vieira disputam o título do campeonato. O evento contará com transmissão ao vivo, narração e comentários de casters do CBLoL.

Enquanto ainda não chega o tão esperado momento, os fãs de LoL podem mostrar todas as suas habilidades e concorrer a mais de 6 mil prêmios por meio das latas de Red Bull com os Campeões de League of Legends. A promoção é válida até o final de outubro e pode ser acompanhada pelo link.

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Continuar lendo

League of Legends

Testes de League of Legends: Wild Rift começam em outubro, mas não no Brasil

Publicado

em

Se você é fã de League of Legends, já deve saber muito bem que a Riot Games está se preparando para lançar uma versão do game totalmente otimizada para dispositivos móveis. Esse novo título foi batizado como League of Legends: Wild Rift e, segundo as informações, já começará a ser testado pelos players a partir do dia 27 de outubro.

Aliás, foi para falar sobre essa fase de testes que eu resolvi criar este texto. Afinal, de acordo com o cronograma apresentado pelos desenvolvedores do game, os players brasileiros só vão poder experimentar essa belezinha no segundo trimestre de 2021… vamos aos detalhes?

League of Legends: Wild Rift Beta

Por meio de um vídeo explicativo protagonizado por Michael Chow, produtor executivo do game, a Riot Games finalmente revelou seus planos para o futuro de League of Legends: Wild Rift. E não, as notícias não foram muito boas para os fãs brasileiros de LoL.

Conforme explicado por Chow, o Beta Aberto do game começará no próximo dia 27 de outubro, mas, a princípio, apenas os players do Sudeste Asiático e de outros países da Ásia poderão participar dos testes. Na sequência, em dezembro, os jogadores da Europa, Vietnã, Taiwan e Oceania entrarão na jogatina.

Por fim, em algum momento entre os meses de março e junho, o título chegará às Américas, ou seja, os players do Brasil só poderão testar o game muitos meses após os gamers “do Leste”.

Como não poderia deixar de ser, o anúncio não foi bem recebido na web e o que se viu foi uma grande revolta por parte dos players. O vídeo com o anúncio, que também foi liberado no canal brasileiro do jogo, no Youtube, acumulou “dislikes”. E o mesmo vale para o canal em inglês.

Resumindo, nesse primeiro momento, o pessoal aqui do Brasil vai ter que se contentar e aguardar até que o Beta seja liberado nas Américas. Caso a “revolta na web” continue, pode ser que tenhamos alterações no cenário, mas isso é bem difícil de acontecer.

E o que é que League of Legends: Wild Rift vai ter a oferecer?

Se você ainda não se aprofundou muito em suas pesquisas acerca do vindouro League of Legends: Wild Rift, vale ressaltar que o jogo será uma versão diferente do LoL original, que contará com uma série de recursos otimizados para uma jogatina nos dispositivos móveis.

Para ser mais específico, teremos controles modificados, novos mapas, partidas com menor duração e muito mais. Ademais, é importante destacar que o game não é um port. Isto é, ele não é uma adaptação do original, mas sim um jogo novo, criado do zero.

Obviamente, esse “ar de novidade” é o grande chamariz do game e, por isso, toda a indignação, em relação ao cronograma apresentado pela Riot, acaba sendo justificada pelo desejo de experimentar, o quanto antes, essa grande novidade.

De todo modo, esse é um lançamento que promete movimentar a comunidade de LoL em breve. Assim que as primeiras imagens do Beta começarem a “pipocar” pela web, poderemos ter uma noção clara de como será a experiência. Daí, só teremos que segurar a ansiedade até o ano que vem. Vale a pena acompanhar as notícias. Até a próxima…

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Continuar lendo

League of Legends

Legends of Runeterra: Expansão Monumentos de Poder chega nesta quarta-feira (14)

Publicado

em

Por

A Riot Games irá liberar nesta quarta-feira (14) a nova expansão do jogo Legends of Runeterra intitulado “Monumentos de Poder”.

Nessa Atualização 1.12 os jogadores poderão contar com:

  • Torneios Sazonais
  • Novidades nos Percursos de Região
  • Atualização de cartas
  • Laboratórios
  • Recompensas das Ranqueadas
  • Diamante laranja pequeno
  • Nova Temporada

Confira maiores detalhes no The Game Times!

Nova Expansão: Monumentos de Poder

A nova expansão conta com 40 cartas colecionáveis, incluindo 3 Campeões (Shyvana, Soraka e Tahm Kench) e uma variedade de novos recursos e conteúdos.

Traz os Monumentos, um novo tipo de carta que representa locais poderosos de Runeterra e dispõe de habilidades exclusivas e decisivas.

A expansão Monumentos de Poder faz parte do conjunto Chamado da Montanha, que ainda ganhará outra expansão em dezembro.

Quando a terceira expansão for lançada e o conjunto Chamado da Montanha estiver completo, todas as regiões (incluindo Targon) terão o mesmo número de Campeões e quase o mesmo número de outras cartas.

Expansão “Chamado da Montanha”

Torneios Sazonais

Como os desenvolvedores Jeff Jew e Andrew Yip adiantaram no início da temporada de spoilers de Monumentos de Poder, essa expansão também marca o início dos Torneios Sazonais. Um vídeo explicativo com as perguntas frequentes será liberado em 15 de outubro às 13h00 (BRT).

Novidades nos Percursos de Região

Os Percursos de Região de Targon, Águas de Sentina e Demacia foram ampliados para que você possa buscar todos os novos Campeões e cartas da expansão Monumentos de Poder.

  • Ampliação do percurso de Targon: de 20 para 25 níveis.
  • Agora, para obter o verso de carta regional de Targon gratuitamente, basta concluir o percurso de Targon.
  • Os novos níveis dessas regiões concederão apenas cartas de Chamado da Montanha das últimas expansões (até que você habilite todas).

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Continuar lendo

Posts Recentes

Posts Populares

Jogos gratuitos PS Plus em Outubro de 2020
Parceria entre PlayStation e Coca-Cola vai dar dois PS5 para players sortudos
2ª Temporada da Liga LBR, de Free Fire, já começou
Free Fire: Conheça o novo campeonato "NFA LEGENDS"
Essas cosplayers de KDA foram longe demais!
Dragon Ball Z: Kakarot agora tem um card game
Free Fire: confira os detalhes da próxima atualização do game
Minecraft Classic Online: Jogue Gratuitamente
Xbox Game Pass: 14 Entradas e 6 saídas até o dia 17 de novembro
Sekiro: Shadows Die Twice receberá update gratuito em outubro

Calendário E-Sports

Trending

X