Siga nossas redes sociais

Outros Games

Após polêmicas, 2K Games promete retirar os “anúncios obrigatórios” de NBA 2K21

Publicado

em

Em setembro deste ano, a 2K Games lançou o mais recente game da sua aclamada franquia NBA 2K. O jogo encantou muita gente com o seu visual impressionante e o ótimo gameplay, mas acabou deixando muitos players furiosos por conta de uma série de “anúncios obrigatórios”.

Pois é! Mesmo sendo um jogo pago (o que, em tese, dispensaria a necessidade de monetização por meio de anúncios), NBA 2K21 ganhou uma nova funcionalidade recentemente, que começou a apresentar comerciais durante as telas de loading. Obviamente, muitas polêmicas foram geradas com isso… vamos entender essa história?

NBA 2K21: a questão dos anúncios “in-game”

Quando um jogo é grátis, os players entendem que os desenvolvedores devem buscar por formas de monetização alternativas e, muitas vezes, a opção escolhida é a veiculação de anúncios. Apesar de ser algo um pouco chato, os jogadores relevam. Afinal, estão se divertindo sem pagar nada.

Contudo, quando esse tipo de sistema é implementado em um jogo pago, a fúria dos players é totalmente justificada. Na verdade, ainda fico surpreso por ver empresas grandes apostando nesse tipo de ação, mesmo quando já se sabe que isso só causa problemas.

NBA 2K21

Enfim, dessa vez, foi a 2K Games que resolveu insistir no erro. Um mês após o lançamento de NBA 2K21, a empresa resolveu incluir uma funcionalidade no jogo, que exibe anúncios durante as telas de loading. Logicamente, como tudo é exibido enquanto o jogo ainda está carregando, não há como “pular” o comercial.

De acordo com os relatos de muitos players indignados, a situação está acontecendo nos PCs, no PS4 e no Xbox One. E isso, claro, levou muita gente até a web para fazer reclamações. Não à toa, os reviews do game começaram a cair vertiginosamente. Na Steam, as avaliações já são Ligeiramente Negativas.

Curiosamente, uma situação igual já aconteceu com NBA 2K20, no ano passado. O que levou muitos players a levantarem questionamentos sérios sobre a “boa fé” da 2K Games.

A resposta da Publisher

Como eu destaquei, logo após os primeiros comerciais, os players correram até a web para lançar suas reclamações. Porém, a 2K Games não emitiu nenhum comunicado nos primeiros dias “de revolta”. Aliás, diversos posts no Reddit funcionaram como um termômetro para indicar que a “coisa ficou feia”…

“Eu realmente não sei mais o que fazer ou dizer. Um monopólio para um único gênero de videogames, basquete. Honestamente, eu não acho que exista um jeito de me dar vontade de jogar e isso verdadeiramente me deixa triste e desapontado”.

“Você tá de brincadeira […] eu não paguei US$ 60 para ter mais comerciais esfregados na minha cara. Em que mundo isso faz sentido. Isso não vai mudar a não ser que nós como uma comunidade façamos algo porque é do nosso bolso agora”.

Felizmente, ontem (dia 20 de outubro), a 2K Games resolveu “quebrar o silêncio” e emitiu um comunicado acerca das ocorrências. A empresa alegou que tudo não passou de um erro, pois os anúncios não deveriam ser exibidos de modo intrusivo.

Apesar de não dar maiores explicações, a Publisher prometeu que o problema será corrigido em futuras atualizações e se desculpou por ter prejudicado a experiência dos players.

Resta agora saber quando essas “futuras atualizações” vão acontecer e como o problema será realmente resolvido, já que, pela forma como os players reagiram (e com toda a razão), eles não querem ver anúncios de forma alguma. Bem, temos que ficar de olho para ver como será o desfecho dessa história polêmica. Até a próxima…

Saudações! Sou Yohan Bravo, tenho 29 anos e sou Ghostwriter por escolha. Escrevo sobre o que amo: games, animes e mais uma série de coisas. Vez ou outra, escrevo sobre os meus devaneios e crio letras de músicas jamais cantadas.

Trending

X