Terça-Feira, 02 de Junho de 2020
Notícias sobre Games e e-Sports



FURIA Esports vence o MIBR na estreia da DreamHack Masters Spring

O confronto brasileiro, válido pela fase de grupos da DreamHack Master Spring North America, teve um final feliz para a…

Por André Ribeiro , em CS:GO , data: 21 de maio de 2020 Tags:,

O confronto brasileiro, válido pela fase de grupos da DreamHack Master Spring North America, teve um final feliz para a equipe da FURIA nesta quarta-feira (20). “KSCERATO” e companhia venceram o MIBR pelo placar de 2 a 0, num embate no formato melhor de três mapas. Com o placar, a FURIA manteve a invencibilidade sobre o MIBR e garantiu seus primeiros pontos no campeonato.

Furia-eSports

O jogo, também, marcou a estreia de Alencar “trk” Rossato no time do MIBR. O jogador foi contratado para ocupar a vaga do argentino Meyern, que não conseguiu se adaptar a equipe e vinha de atuações abaixo do esperado. O argentino, porém, foi deslocado para o banco de reservas.

PRIMEIRO MAPA VERTIGO: FURIA 16 – 11 MIBR

O primeiro mapa do confronto foi a Vertigo, escolha da FURIA. Com isso, a MIBR escolheu o lado contraterrorista para iniciar partida.

Com o lado mais “favorável” do mapa às suas mãos, a equipe da FURIA começou o jogo impondo um ritmo forte e abrindo logo cinco rounds contra nenhum do MIBR. No quinto round, aliás, “VINI” pegou três kills e conseguiu fazer a proteção da C4 diante da tentativa do MIBR de retomar o bombsite e desarmar a bomba.

Após a sequência de rounds da FURIA, o time do MIBR conseguiu descontar dois rounds em sequência e quebrar a economia dos adversários. Mesmo assim, num round onde apenas o “arT”, pelo lado da FURIA, havia comprado uma arma, esse recurso fez a diferença. O jogador avançou e surpreendeu dois adversários eliminando-os e, de quebra, conseguindo armamento para boa parte dos companheiros, que conseguiram vencer o round.

Em seguida, a FURIA teve domínio total da primeira metade, sem dar espaços para que os jogadores do MIBR tentassem voltar para a partida. Com isso, a primeira metade terminou em 11 a 4, com a vantagem dos terroristas.

Logo no pistol da segunda metade, outra vez “Vini”, aniversariante do dia, foi o diferencial para a equipe em um round. Com suas “Dual Berettas” em punhos, segurou o avanço da equipe terrorista e auxiliou na conquista do décimo segundo ponto da equipe.

O lado mais favorável do mapa é o terrorista, e o MIBR conseguiu voltar para o jogo e chegou a ficar 4 rounds de levar o jogo para o overtime, em seu melhor momento na partida. Mas, HEN1, com quatro kills no último round, fechou as portas da Vertigo e a FURIA fechou o placar em 16 a 11.

SEGUNDO MAPA TRAIN: FURIA 16 – 12 MIBR

O mapa da Train foi escolha do MIBR, e a FURIA, como já é de costume com a maioria dos “visitantes” do mapa, escolheu começar do lado contraterrorista.

Diferente do primeiro jogo, neste houve equilíbrio entre as equipes desde o início da primeira metade. Mesmo com a FURIA sempre à frente, o MIBR não deixou que o adversário abrisse uma larga vantagem. Com isso, as equipes trocaram muitos rounds.

A FURIA tinha o conjunto da obra, todos os jogadores tinham quase o mesmo número de abates durante toda a primeira metade. Até o round 12, os cinco players tinham em média 9 abates cada.

Já o MIBR tinha “FalleN”. O “rei da Train”, como é carinhosamente chamado pelos torcedores, pulava de vagão em vagão para tentar trazer o jogo a favor de sua equipe. Seus nove abates se distanciavam e muito de apenas aquele um, do estreante “trk”, até o round 12.

A primeira metade foi mesmo da FURIA, que fechou em 9 a 6 o seu lado contraterrorista e partiu para a segunda metade precisando de mais 7 rounds para manter o 100% de aproveitamento contra o MIBR.

O final do segundo jogo foi bem parecido com o primeiro. O MIBR conseguiu reagir após vencer o round pistol e voltou para o jogo, colocando pressão sobre a vantagem dos adversários.

As duas equipes seguiram intercalando rounds durante a segunda metade, causando diversas quebras econômicas para ambos os lados. O MIBR chegou a ficar a apenas um ponto de empatar a partida, quando o jogo estava 13 a 12. Mas, antes do round começar, a equipe da FURIA pediu um pause tático.

A pausa deu resultado. Após isso, a FURIA não perdeu mais. Fechou a partida em 16 a 12 e garantiu sua primeira vitória no campeonato.

PRÓXIMOS JOGOS:

Ambas as equipes ainda jogam pela DreamHack Masters Spring nesta semana. A FURIA enfrenta a Team Liquid na quinta-feira (21), às 17h10, em outra partida no formato melhor de três.

Já o MIBR, joga na sexta-feira (22), também às 17h10, contra a Chaos Esports Club, buscando sua primeira vitória no campeonato.

Compartilhe isso...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email