Siga nossas redes sociais

Outros Games

Maratona Profissões nos Esports contará com 15 dias de live com diversos profissionais da área

Publicado

em

Você que sempre sonhou em fazer parte do mundo dos esports terá a oportunidade de conhecer mais sobre a área e ouvir dicas de pessoas que hoje fazem parte do nosso cenário.

Além dos jogadores que normalmente são os profissionais em evidência, descubra outras profissões essências e comece hoje mesmo a planejar a sua carreira.

Esports no Brasil

O mercado de esports no Brasil não para de crescer. É um ecossistema de profissões com diversas opções. Por isso, o tema precisa ser debatido cada vez mais nas escolas e universidades, com o intuito de informar jovens e adultos que querem ingressar no cenário.

A Maratona Profissões nos Esports chega com este objetivo, fomentado pela PlayMatch, trará grandes profissionais das mais variadas áreas, comunicação, jurídico, negócios, eventos, saúde, gestão e muito mais.

maratona-profissoes-nos-esports

Serão 15 dias de evento consecutivos, 45 profissionais, mais de 22 horas de conteúdo educacional. Além disso, o acesso ao evento será gratuito, por meio deste link, os interessados conseguirão assistir pelas principais plataformas de streaming.

Dentre os nomes que estão escalados para a Maratona, Cássio Hirakuri (Gerente de Produto e esports para Gillette Brasil), Fábio Faria (Gerente de Marketing na ASUS BRASIL), Leo de Biase (Sócio-fundador e CMO da BBL), Raphael Negrão Santiago (Gerente de Marketing da Nimo TV), Priscila Queiroz  (Head de Publishing da Riot Games no Brasil), Julio Vieitez (CEO da Level Up), Aydin Sarmadi (VP, International Gaming & esports na Webedia), Natália Zakalski (Psicóloga referência nos esports), Danniel “Evrot” Franco (Pro-Player de LOL na Falkol), Ingrid Favret (Apresentadora de esports) e muitos mais.

A Maratona é um projeto educacional que tem como principal objetivo educar e fomentar o mercado de trabalho de esports e games, trazendo pessoas de alto nível, referência em seus respectivos setores.

“As possibilidades para trabalhar com esports são muitas e nem sempre isso é tão óbvio. Quando se fala em trabalhar com games ou esports, as pessoas logo pensam que os únicos caminhos são sendo jogador profissional ou programador, e não é o caso. A Maratona vem com essa proposta de disseminar as diversas possibilidades de profissões que existem no mercado.” Afirma Gabriel Vinicius, CEO da PlayMatch.

A primeira semana contará com painéis focados na área Jurídica, Publicidade e Patrocínio, Comunicação e PR nos Esports, Negócios, Social Media e Marketing, Gestão, Saúde e Performance e Atividade Física.

Já na segunda semana, os temas abordados serão voltados para Streamers e Pro-Players, Narradores e apresentadores nos Esports, Organizações de eventos e competições, Desenvolvimento de Games, RH nos Esports, Organizações de Esports e Games e o setor educacional.

“A PlayMatch é uma Edtech focada em games e esports, portanto, nosso core business é educação. Desta forma, a Maratona cumpre nosso propósito de trazer qualificação e profissionalização para o ecossistema. É um conteúdo altamente relevante, com profissionais referência do setor e totalmente gratuito.” Afirma Edilson Fernandes, COO da PlayMatch.

A Maratona Profissões nos Esports é um evento independente, organizado e idealizado pela PlayMatch.

Agenda completa

agenda-maratona-profissoes-nos-esports

Dia 1 

Convidados:

  • Antonio Bratefixe – Sócio da Có Crivelli Advogados
  • Marcelo Mattoso – Partner and Head of Legal eSports na Barcellos Tucunduva Advogados
  • Rodolfo Pomin – Sócio da Guidetti de Souza & Pomin – Advocacia

Dia 2

Convidados:

  • Cássio Hirakuri – Gerente de Produto e esports para Gillette Brasil
  • Fabio Faria – Gerente de Marketing na ASUS BRASIL
  • Alessandro Visconde – CEO & Founder na Content Club

Dia 3

Convidados:

  • Clarissa Montalvão – Editora Chefe de Esports Multiverso+
  • Ana Paula Schuch – CEO Agência MPlus, CEO Multiverso+, Sênior Abre Aspas Assessoria de Comunicação
  • Rafael Costa – CEO GG Comunicação

Dia 4

Convidados:

  • Arthur Bezerra – Administrador de empresas
  • Leo de Biase – Sócio-fundador e CMO da BBL
  • Pedro Oliveira – Co-Founder OutField Consulting

Dia 5

Convidados:

  • Lorraine Dias – Comunicadora Social e PR
  • Ivan Almeida – Social Media – Team One
  • Raphael Negrão Santiago – Gerente de Marketing da Nimo TV.

Dia 6

Convidados:

  • Priscila Queiroz – Head de Publishing da Riot Games no Brasil
  • Julio Vieitez – CEO Level Up
  • Aydin Sarmadi – VP, International Gaming & esports na Webedia

Dia 7

Convidados:

  • Airini Bruna Cucco Paulo – Psicóloga nos eSports
  • Natália Zakalski – Psicóloga nos eSports
  • Jukaah – Manager | Coach

Dia 8

Convidados:

  • Bruno Fredi – Fisioterapeuta na INTZ
  • Larissa Amorim – Nutricionista nos eSports
  • Bruno Augusto Felberge Ferreira (Hauz)

Dia 9

Convidados:

  • Danniel “Evrot” Franco – Midlaner da Falkol.
  • Isadora Basile – Streamer
  • Cris Nikolaus – Streamer

Dia 10

Convidados:

  • Robson Silva – Narrador
  • Victor Stoker – Narrador
  • Ingrid Favret – Apresentadora

Dia 11

Convidados:

  • Luis Soares – Head de eSports na NIMOTV
  • Gabriel Cassel – Esports Product Manager, LATAM – Ubisoft
  • Rodrigo Fontanella – LEAGUE OPS – Ubisoft

Dia 12

Convidados:

  • Gabriela Mollo – Headhunter da Wildlife Studios
  • Anny Yen Choi – RH na Nimo TV
  • Jeanie Lin – RH da IGG no Brasil

Dia 13

Convidados:

  • Luciano Puhl – Gamer Engineer
  • Lizy Novo – Organizadora Nacional da Women Game Jam
  • Cristiane Jade – Gamer Producer no Garage 227 Studios

Dia 14

Convidados:

  • Aristóteles – CEO da Falkol
  • Leo Santos – CEO da Select e-Sports Management
  • Marcos Armani – LOS GRANDES

Dia 15

Convidados:

  • Roan Saraiva – Analista de Educação – Oi Futuro
  • Marcelo Johas – Manager de eSports na ESPM
  • Thereza Rodrigues – Escritora e Professora – MãePixel

 

Continuar lendo

Outros Games

Capcom renova a marca Darkstalkers e incita especulações

Publicado

em

Dentre todas as desenvolvedoras do mundo dos games, a Capcom é uma das que possuem o maior portfólio de IPs lendárias. Não à toa, a empresa japonesa pode até se dar ao luxo de explorar certas franquias em detrimento de outras, o que leva os fãs a ficarem pedindo o retorno de alguns games clássicos.

Nesse caso, para os fãs que estão sempre sonhando com esses “retornos”, trago uma boa notícia: a Capcom não se esqueceu da lendária franquia Darkstalkers, que fez a cabeça dos fãs de jogos de luta na década de 1990 e no primeiros anos do século XXI… vamos entender essa história?

Darkstalkers: marca renovada!

Darkstalkers

Darkstalkers

De acordo com as informações retiradas diretamente dos sites oficiais dos sistemas de registro de marcas e patentes, a Capcom promoveu a renovação dos direitos dela, em relação à marca Darkstalkers.

Logicamente, como Darkstalkers é uma franquia que sempre está sendo incluída nos “pedidos de retorno” (feitos pelos fãs), a notícia acabou gerando fortes especulações.

Aliás, os rumores do retorno da lendária franquia ganharam ainda mais força, pois Yoshinoro Ono, uma das figuras mais proeminentes da empresa japonesa, declarou que tem ciência dos desejos dos fãs e sabe que Darkstalkers é uma das franquias mais desejadas.

Por ora, o retorno de Darkstalkers ainda está no campo dos rumores. Mas essa movimentação da Capcom acaba dando aos fãs uma nova esperança. Já que essa é uma prova de que a franquia não foi esquecida e já pode ser reaproveitada.

Para quem não se lembra, Darkstalkers é uma franquia de jogos de luta, que ficou marcada por oferecer personagens sombrios e peculiares. Um gameplay intenso e um visual belíssimo. Logo, um retorno dessa lenda poderia representar a chegada de outro grande jogo de luta no mercado.

Enfim, temos que torcer para que Darkstalkers realmente retorne. Nessa época em que os torneios de jogos de luta conseguem movimentar as massas, essa nova opção seria muito bem-vinda. Vamos ficar de olho! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Black Desert Mobile: Modo “Caminho da Glória” é anunciado!

Publicado

em

Por

A Pearl Abyss anunciou nesta terça-feira (04), um novo modo de jogo para o Black Desert Mobile, intitulado “Caminho da Glória” (Path of Flory).

Com estilo tower defense, ajuda os jogadores a acumular experiência e desenvolver os personagens da família.

Além disso, o conteúdo favorito dos fãs, “Terra da Bravura” (Field of Valor) terá seu retorno nesta semana!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

No “Caminho da Glória”, os aventureiros têm a tarefa de proteger o portão do castelo contra um ataque de inimigos que aumentam em força e número a cada onda.

Os jogadores podem escolher até seis classes da lista de famílias e precisam equilibrar sua equipe, pois, habilidades diferentes são necessárias a cada nível de dificuldade.

Para aqueles que concluem este desafio com sucesso, é recompensado com um item de Emblema. E quando usado, concede um bônus de ponto de combate e defesa a todos os personagens da família.

Um dos modos favoritos do Black Desert Mobile retorna esta semana com o “Terra da Bravura”. Que contará com um novo campo de batalha chamado Highland.

Aqui, grupos de até 5 jogadores podem participar de batalhas de 30 minutos contra uma grande variedade de monstros.

Continuar lendo

Outros Games

Pesquisa revela que 71% dos pais no Brasil jogam games com os filhos

Publicado

em

Por

A Pesquisa Game Brasil (PGB) revelou em sua 7.ª edição, que em 2020 71% dos pais brasileiros jogam jogos eletrônicos com seus filhos.

A pesquisa foi realizada pelo Sioux Group, através da unidade de negócios Go Gamers, ESPM e Blend New Research, a PGB ouviu 5.830 pessoas em 26 Estados e no Distrito Federal, no mês de fevereiro.

Para o levantamento de pais e filhos, o estudo considerou apenas os entrevistados que moram com os filhos, totalizando 2.163 pessoas.

Deste total, 78,7% afirmam que seus filhos possuem o hábito de jogar jogos eletrônicos, e 60,2% deles gostam que os filhos realizem a atividade, mas com ressalvas diversas.

A principal delas, para 92,4% dos entrevistados, é evitar jogos inadequados de acordo com a faixa etária.

O segundo aspecto a ser ponderado, para 80,9% dos pais, é evitar que as crianças joguem antes de dormir.

Na sequência, 72,4% dos pais concordam que os jogos são viciantes, podendo causar dependência.

Em contrapartida, 53,9% concordam que a variação de jogos estimula diferentes habilidades para seus filhos.

Outro ponto retratado pela PGB é a violência nos jogos enquanto influência negativa para as crianças e adolescentes: enquanto 33,4% dos pais que não jogam concordam que os games podem levar ao comportamento agressivo e à delinquência, 56,6% dos pais gamers discordam dessa afirmação.

71% dos pais no Brasil jogam games com os filhos

Descendência gamer

PGB aponta que os pais que jogam jogos eletrônicos têm ainda mais o costume de compartilhar e ensinar este hábito ao seus filhos.

Neste recorte, o número de filhos engajados com games aumenta para 84,3%, e os pais que realizam a atividade em conjunto com eles chega a 95,6%.

Em relação à influência que os jogos possuem na aprendizagem de seus filhos, 47,4% dos pais gamers discordam (parcialmente ou totalmente) que os jogos possam atrapalhar nos estudos, enquanto 35,9% concordam (total ou parcialmente).

“Nos dias de hoje, muitos pais cresceram com o hábito de jogar videogame, o que torna mais natural este processo de passá-lo ‘de pai para filho’. Mesmo assim, os pais permanecem zelosos quanto aos excessos e limites dessa forma de entretenimento, o que é bastante saudável para todos os envolvidos”, diz Carlos Silva, Head de Gaming na Go Gamers.

A pesquisa ainda divide o público gamer no Brasil entre hardcore e casual. O primeiro é aquele cujo hábito de jogar é destacado dentro de suas preferências de entretenimento, enquanto o segundo realiza a atividade em menor tempo e frequência.

Os pais mapeados como hardcore gamers tendem a ser mais flexíveis em relação ao envolvimento dos filhos com jogos. Para este grupo, por exemplo, 46,8% concordam que as crianças não devem jogar antes de dormir.

Continuar lendo

Trending

X