Siga nossas redes sociais

League of Legends

Rensga Esports mescla juventude, comunicação e estratégia para CBLoL

Publicado

em

Por

Um elenco bem jovem e “extremamente capaz mecanicamente” orientado por um “staff cerebral” são as palavras do head coach Pedro “gafone” para descrever o que a Rensga Esports preparou para o primeiro split do ano do CBLOL e do CBLOL Academy que começam a partir de sábado (16).

“Nosso objetivo é trabalhar com novos talentos que possam ser revelados para o cenário e que seja uma parceria duradoura”, comenta ainda o manager da equipe, André “Papel” Nunes.

Para disputar os dois torneios a Rensga aposta na rotatividade, “que faz total sentido dentro da nossa proposta para estruturação do time”, segundo Papel, e permite ainda “criar uma identidade própria e única para as duas formações”, completa o manager. Desta forma, os jogadores da Academy se posicionam como reservas do time principal e todos poderão transitar nas duas “divisões”.

“Montamos um time muito competitivo, tanto para a Academy quanto para o CBLOL. Mas, sabemos que teremos de trabalhar muito para chegar ao nível dos times que possuem estrutura há vários anos. Nossos resultados aparecerão no médio e longo prazo!”, afirma Papel. Por isso, a Rensga apresentou um elenco considerado grande, são 12 jogadores no total, e jovem, com média de idade de 21 anos. O objetivo imediato para a competição é estar entre os seis times que seguem para os playoffs.

Contratações da equipe

Kennedys, Froststrike, Hauz, Enga, Trigo e Klyon são as novidades para a line-up da Rensga, que buscou estilos diferentes – para poder abusar disso na parte estratégica – na montagem do elenco para este ano.

“Tínhamos um grupo com personalidades parecidas, que se entendia bem, muitas vezes, até sem se comunicar; precisávamos, então, de jogadores com comunicação mais ativa. Conseguimos trazer players mais vocais, mais participativos e mais agressivos, como Hauz, Froststrike, Trigo e Klyon – eles vieram para equilibrar os times, principalmente, na parte da comunicação”, explica “gafone”.

Completam a lista Kiari, Erasus, Fiennes, Bydeki, Zirigui e Harumi que foram mantidos no time.

“Demos muito foco em poder treinar internamente. Temos dois times competitivos e com nível bem similar que, além de facilitar as alterações, abre diversas possibilidades como poder se preparar para os jogos do CBLOL e do CBLOL Academy, testar ‘coisas’ diferentes e antecipar o meta do dos adversários, por exemplo. Isso nos dá um conforto e uma estabilidade para trabalhar que não tinha visto até então”, conclui o head coach.

CBLOL

CBLoL 2021

O CBLOL acontece aos sábados e domingos, como já se dava nas últimas temporadas. Serão nove semanas na Fase de Pontos, com 18 rodadas, para que seis das 10 organizações envolvidas avancem aos playoffs.

O CB Academy, disputado no mesmo formato, será disputado às terças e quartas-feiras. A organização do campeonato reforça que para atender as orientações de enfrentamento ao covid-19, definidas pelas entidades sanitárias, o torneio será realizado, inicialmente, de forma remota. “Todos os jogadores disputarão as partidas a partir de seus locais de quarentena, e os membros da equipe da produção do torneio também trabalharão das suas casas.”, destaca.

A transmissão, online, será pelo https://lolesports.com/.

Conheça a Rensga

STAFF
Head Coach Coaches Analista Auxiliar Técnico
Pedro “gafone” Renato “Raven” Wh1sper “Nuno” Eric “Kratz”
Ti0ben

 

JOGADORES
Topos Caçadores (selva)
Meios Atiradores Suporte
Kiari Erasus Hauz Bydeki Zirigui
Kennedys Froststrike Enga Trigo Harumi
Fiennes Klyon

 

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Siga nossa Twitch

Posts Recentes

Trending