Siga nossas redes sociais

Outros Games

RIO – Raised in Oblivion está em pré-venda

Publicado

em

Sem dúvidas que RIO – Raised in Oblivion é um dos jogos mais aguardados criado em solo brasileiro, ele é acompanhado de perto por milhares de jogadores que o esperam ansiosamente. Mas essa espera pode estar chegando ao fim, pois foi anunciado nesta sexta-feira (31) o início da pré-venda do jogo.

Na semana passada tivemos a lançamento do teaser da Pré alpha e nós aqui do The Game Times divulgamos o trailer.

Preços, Características e Requisitos

Três pacotes estarão disponíveis para os jogadores: o Survivor Edition, o Hunter Edition e o Order Edition, com preços que variam de R$ 99,99 a R$ 257,99. Cada um traz diversas vantagens exclusivas, como skins, armas, dinheiro in game, acesso antecipado e o direito de participar dos testes do jogo. Você pode adquirir qualquer um dos pacotes no site oficial.

“RIO – Raised in Oblivio”, primeiro jogo desenvolvido pela First Phoenix Studio, chega com a proposta de unir os estilos Survival e Battle Royale. Essa mistura, inclusive, é o grande atrativo do jogo, que traz as principais características que tornam esses gêneros tão populares: a busca por equipamentos e suprimentos, comuns nos jogos de sobrevivência, e combate contra outros jogadores on-line, marca registrada no gênero de batalha.

rio

Contudo, um dos diferenciais do RIO é que, ao contrário dos Battle Royale, o cenário não é encerrado a cada partida.

O servidor funciona 24h, permitindo que os jogadores mantenham os seus avatares e conquistas. Além disso, também permite que o jogo tenha uma pegada mais estratégica, pois habilita a criação de clãs e disputa por territórios.

Tudo isso resultou no título de melhor game independente na edição 2019 da Brasil Game Show (BGS). O jogo também despertou o interesse de gigantes do setor, como a NVIDIA e a Steam, que apoiam o projeto.

Por enquanto, o jogo estará disponível exclusivamente para PC, em servidores para até 80 jogadores simultaneamente, mas com planos de expansão para até 500 pessoas.

Por conta da riqueza de detalhes nos cenários, equipamentos e animações, “RIO – Raised in Oblivion” demandará computadores mais potentes para rodar em sua capacidade total. Confira os requisitos:

REQUISITOS MÍNIMOS REQUISITOS RECOMENDADOS
SISTEMA OPERACIONAL Windows 7 64 bits Service Pack 1 Windows 10 64 bits
PROCESSADOR Intel Core i3 @2,4 GHz / AMD Ryzen 3 @3,5 GHz Intel Core i5 9400f / AMD Ryzen 5 2600
MEMÓRIA RAM 8 GB 16 GB
PLACA DE VÍDEO Nvidia GTX 970 – 4GB / AMD R9 390 – 4GB Nvidia GTX 1070 – 8GB / AMD RX 590 – 8GB
ESPAÇO EM DISCO (HD) 40 GB 40 GB
PLACA DE SOM DirectX Compatible DirectX Compatible
NOTAS ADICIONAIS Requer um processador e sistema operacional de 64 bits
Requer uma placa da série RTX para que a tecnologia ray-trace esteja disponível

Sobre RIO – Raised in Oblivion

Em RIO, um novo vírus surge no mundo, mais especificamente na Praça Seca, região oeste do Rio de Janeiro, transformando as pessoas em um tipo de zumbi. Procurando controlar a disseminação da doença, o governo local isola a região com todo mundo dentro: ninguém entra, ninguém sai; e quem está isolado luta para sobreviver, buscando suprimentos e equipamentos, além de enfrentar inimigos locais.

Os jogadores poderão escolher entre três opções diferentes: os Assassinos, gangues que se formam para controlar a região; os Independentes, que preferem não tomar partido, lutando para sobreviver; e os integrantes da Ordem, um grupo paramilitar formado para manter – se é que é possível – a Lei no local.

Continuar lendo

Outros Games

Capcom renova a marca Darkstalkers e incita especulações

Publicado

em

Dentre todas as desenvolvedoras do mundo dos games, a Capcom é uma das que possuem o maior portfólio de IPs lendárias. Não à toa, a empresa japonesa pode até se dar ao luxo de explorar certas franquias em detrimento de outras, o que leva os fãs a ficarem pedindo o retorno de alguns games clássicos.

Nesse caso, para os fãs que estão sempre sonhando com esses “retornos”, trago uma boa notícia: a Capcom não se esqueceu da lendária franquia Darkstalkers, que fez a cabeça dos fãs de jogos de luta na década de 1990 e no primeiros anos do século XXI… vamos entender essa história?

Darkstalkers: marca renovada!

Darkstalkers

Darkstalkers

De acordo com as informações retiradas diretamente dos sites oficiais dos sistemas de registro de marcas e patentes, a Capcom promoveu a renovação dos direitos dela, em relação à marca Darkstalkers.

Logicamente, como Darkstalkers é uma franquia que sempre está sendo incluída nos “pedidos de retorno” (feitos pelos fãs), a notícia acabou gerando fortes especulações.

Aliás, os rumores do retorno da lendária franquia ganharam ainda mais força, pois Yoshinoro Ono, uma das figuras mais proeminentes da empresa japonesa, declarou que tem ciência dos desejos dos fãs e sabe que Darkstalkers é uma das franquias mais desejadas.

Por ora, o retorno de Darkstalkers ainda está no campo dos rumores. Mas essa movimentação da Capcom acaba dando aos fãs uma nova esperança. Já que essa é uma prova de que a franquia não foi esquecida e já pode ser reaproveitada.

Para quem não se lembra, Darkstalkers é uma franquia de jogos de luta, que ficou marcada por oferecer personagens sombrios e peculiares. Um gameplay intenso e um visual belíssimo. Logo, um retorno dessa lenda poderia representar a chegada de outro grande jogo de luta no mercado.

Enfim, temos que torcer para que Darkstalkers realmente retorne. Nessa época em que os torneios de jogos de luta conseguem movimentar as massas, essa nova opção seria muito bem-vinda. Vamos ficar de olho! Até a próxima…

Continuar lendo

Outros Games

Black Desert Mobile: Modo “Caminho da Glória” é anunciado!

Publicado

em

Por

A Pearl Abyss anunciou nesta terça-feira (04), um novo modo de jogo para o Black Desert Mobile, intitulado “Caminho da Glória” (Path of Flory).

Com estilo tower defense, ajuda os jogadores a acumular experiência e desenvolver os personagens da família.

Além disso, o conteúdo favorito dos fãs, “Terra da Bravura” (Field of Valor) terá seu retorno nesta semana!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

Black Desert Mobile em Caminho da Glória!

No “Caminho da Glória”, os aventureiros têm a tarefa de proteger o portão do castelo contra um ataque de inimigos que aumentam em força e número a cada onda.

Os jogadores podem escolher até seis classes da lista de famílias e precisam equilibrar sua equipe, pois, habilidades diferentes são necessárias a cada nível de dificuldade.

Para aqueles que concluem este desafio com sucesso, é recompensado com um item de Emblema. E quando usado, concede um bônus de ponto de combate e defesa a todos os personagens da família.

Um dos modos favoritos do Black Desert Mobile retorna esta semana com o “Terra da Bravura”. Que contará com um novo campo de batalha chamado Highland.

Aqui, grupos de até 5 jogadores podem participar de batalhas de 30 minutos contra uma grande variedade de monstros.

Continuar lendo

Outros Games

Pesquisa revela que 71% dos pais no Brasil jogam games com os filhos

Publicado

em

Por

A Pesquisa Game Brasil (PGB) revelou em sua 7.ª edição, que em 2020 71% dos pais brasileiros jogam jogos eletrônicos com seus filhos.

A pesquisa foi realizada pelo Sioux Group, através da unidade de negócios Go Gamers, ESPM e Blend New Research, a PGB ouviu 5.830 pessoas em 26 Estados e no Distrito Federal, no mês de fevereiro.

Para o levantamento de pais e filhos, o estudo considerou apenas os entrevistados que moram com os filhos, totalizando 2.163 pessoas.

Deste total, 78,7% afirmam que seus filhos possuem o hábito de jogar jogos eletrônicos, e 60,2% deles gostam que os filhos realizem a atividade, mas com ressalvas diversas.

A principal delas, para 92,4% dos entrevistados, é evitar jogos inadequados de acordo com a faixa etária.

O segundo aspecto a ser ponderado, para 80,9% dos pais, é evitar que as crianças joguem antes de dormir.

Na sequência, 72,4% dos pais concordam que os jogos são viciantes, podendo causar dependência.

Em contrapartida, 53,9% concordam que a variação de jogos estimula diferentes habilidades para seus filhos.

Outro ponto retratado pela PGB é a violência nos jogos enquanto influência negativa para as crianças e adolescentes: enquanto 33,4% dos pais que não jogam concordam que os games podem levar ao comportamento agressivo e à delinquência, 56,6% dos pais gamers discordam dessa afirmação.

71% dos pais no Brasil jogam games com os filhos

Descendência gamer

PGB aponta que os pais que jogam jogos eletrônicos têm ainda mais o costume de compartilhar e ensinar este hábito ao seus filhos.

Neste recorte, o número de filhos engajados com games aumenta para 84,3%, e os pais que realizam a atividade em conjunto com eles chega a 95,6%.

Em relação à influência que os jogos possuem na aprendizagem de seus filhos, 47,4% dos pais gamers discordam (parcialmente ou totalmente) que os jogos possam atrapalhar nos estudos, enquanto 35,9% concordam (total ou parcialmente).

“Nos dias de hoje, muitos pais cresceram com o hábito de jogar videogame, o que torna mais natural este processo de passá-lo ‘de pai para filho’. Mesmo assim, os pais permanecem zelosos quanto aos excessos e limites dessa forma de entretenimento, o que é bastante saudável para todos os envolvidos”, diz Carlos Silva, Head de Gaming na Go Gamers.

A pesquisa ainda divide o público gamer no Brasil entre hardcore e casual. O primeiro é aquele cujo hábito de jogar é destacado dentro de suas preferências de entretenimento, enquanto o segundo realiza a atividade em menor tempo e frequência.

Os pais mapeados como hardcore gamers tendem a ser mais flexíveis em relação ao envolvimento dos filhos com jogos. Para este grupo, por exemplo, 46,8% concordam que as crianças não devem jogar antes de dormir.

Continuar lendo

Trending

X