Siga nossas redes sociais

Outros Games

Senadora lê carta de entidades de eSports na comissão PL 383/2017

Publicado

em

O debate sobre regulamentação dos esportes eletrônicos (PL 383/2017) continuou no dia 9 de julho (terça-feira). 

A comissão foi convocada para discussão do PL 383/2017

Durante a Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, a senadora Leila Barros (PSB-DF) leu uma carta enviada pela Associação Brasileira de Clubes de eSports (ABCDE)

Confira o conteúdo da carta: 

“Excelentíssimo (a) Senador (a),

A Associação Brasileira de Clubes de eSports (ABCDE) que congrega os 20 principais clubes no Brasil, a Electronic Sports League (ESL) no Brasil, a maior liga de eSports do país e do mundo, e a Entertainment Software Association (ESA), a maior associação de editores (publishers) de softwares de entretenimento do mundo, vêm por meio desta solicitar o apoio de Vossa Excelência para manter no Senado o debate acerca do Projeto de Lei do Senado 383 de 2017, de autoria do Excelentíssimo Senador Roberto Rocha, que dispõe sobre a regulamentação da prática desportiva eletrônica e que foi aprovado no dia 9 de julho, sob regime terminativo, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Entendemos que seja necessário que esse projeto seja discutido de forma mais ampla com partes interessadas, sejam elas atletas de esportes tradicionais ou competidores e empresas de eSports. Hoje, existem cerca de 26,5 milhões de simpatizantes de eSports no Brasil – o terceiro maior público do mundo (crescimento de 18,7o/o entre 2017 e 2018) em um setor que movimentou globalmente R$ 3.3 bilhões em 2018, a maior parte em patrocínios, e com previsão de triplicar de tamanho até 2022. O crescimento vertiginoso no Brasil e no mundo deu-se sempre num contexto de auto-regulação do segmento, de forma a permitir o pleno direito à livre iniciativa por parte de publishers e de um vasto ecossistema de empresas e prestadores de serviços que juntos trabalham para criar, financiar, organizar e apoiar torneios cuja audiência alcançou 400 milhões de pessoas em todo o mundo no ano passado.

A necessidade de criação de estruturas que “controlem” os eSports carece de maior discussão de forma a alinhar o país às melhores práticas mundiais. E preciso ter cautela em avançar numa direção que possa desviar o Brasil de uma trajetória até agora muito bem-sucedida e com grande potencial de sucesso num futuro próximo. Reiteramos, assim, nossa solicitação de estender o debate acerca do Projeto de Lei 383 de 2017 no Senado de forma a permitir que todos aqueles que têm interesse no assunto possam ser ouvidos de forma adequada e democrática.

Permanecemos a sua disposição para quaisquer esclarecimentos (…). ”

Entenda a situação

O problema aqui, é que Leila já protagonizou um pequeno escândalo ao dizer, categoricamente, que “Isso não é esporte!”

Uma de suas falas, durante um dos debates do PL 383/2017, a senadora diz:

“Nós estamos falando sobre as questões éticas, morais dos jogos eletrônicos, mas quando se fala de esporte, tem que ser ouvida a comunidade esportiva porque existe uma preparação para ser atleta, para se entrar em quadra e representar um país, uma liga ou uma empresa. O alto rendimento é isso. É uma entrega”

Embora tenha se desculpado, disse que seu posicionamento tinha relação apenas com os jogos violentos. O que é consideravelmente controverso, já que ela se referiu à preparação e não ao conteúdo dos games.

O Senado, apesar de estar atuando nesse processo, mostrou-se visivelmente tradicionalista, ao retirar da abrangência da regularização os jogos violentos.

O que é controverso de acordo com a cultura do país. Afinal, pessoas podem dar socos e sangrarem (de verdade) em um ringue de MMA, mas não atirar em personagens fictícios?

Por enquanto, as discussões sobre o Projeto de Lei continuam.

Enquanto isso, a não regularização da atividade dá margens à praticas ilegais com jovens e adolescentes.

Traremos mais novidades em breve! Aqui no The Game Times!

Continuar lendo

Outros Games

Samurai Shodown Neogeo Collection é anunciado em mídia física ao PS4 nesta sexta (7)

Publicado

em

Por

A SNK Corporation anunciou nesta sexta-feira (07), a chegada das versões em mídia física do jogo Samurai Shodown Neogeo Collection para PS4 por R$ 199,99 no Brasil.

O pacote inclui seis dos clássicos do NEOGEO, uma nova versão para o 5.º título da franquia, SAMURAI SHODOWN V PERFECT, incluindo um modo de batalha online, modo museu e tocador de música.

“Nossa série de luta armada começou em 1993 com SAMURAI SHODOWN no NEOGEO,” afirma Koichi Toyama, presidente e CEO da SNK CORPORATION. “A franquia evoluiu a cada jogo lançado, chegando até esse pacote que esperamos que os fãs brasileiros, tanto novos quanto antigos, aproveitem”.

Samurai Shodown Neogeo Collection permite aos fãs jogar as versões arcade em inglês e japonês dos jogos.

Assim como adicionar scanlines para uma experiência retrô autêntica, salvar seu progresso e jogar cada Modo Arcade disponível em todos os títulos com o Modo Livre ativado, removendo completamente a tela de game over.

Características principais:

Sete títulos do SAMURAI SHODOWN

Samurai Shodown

Samurai Shodown

Além do SAMURAI SHODOWN original, a coleção conta com SAMURAI SHODOWN II, SAMURAI SHODOWN III, SAMURAI SHODOWN IV AMAKUSA’S REVENGE, SAMURAI SHODOWN V e SAMURAI SHODOWN V SPECIAL.

O pacote conta também com SAMURAI SHODOWN V PERFECT, o final misterioso de SAMURAI SHODOWN V.

Modo online de batalha para cada título

Samurai Shodown

Samurai Shodown

Os fãs podem batalhar com outros jogadores com o mesmo nível de habilidade via Partida Ranqueada, também podem jogar com quem aparecer via Partida Casual, ou ir de igual para igual com seus amigos pelo Modo de Desafio.

Um Modo Museu repleto de conteúdo!

O Modo Museu do SAMURAI SHODOWN NEOGEO COLLECTION é um sonho dos fãs de longa data da franquia. O modo inclui mais de 2.000 documentos e imagens de desevolvimento.

O modo também oferece horas de entrevistas em vídeo com os desenvolvedores da franquia, que discutem o trabalho duro para a criação de cada título.

Mais de 200 músicas para escutar

O tocador de música oferece aos fãs mais de 200 faixas clássicas para se ouvir entre as batalhas. As músicas abrangem todos os seis títulos.

Veja mais detalhes sobre cada jogo:

SAMURAI SHODOWN (1993)

Em mundo dominado por lutadores que brigam com socos e chutes, SAMURAI SHODOWN entrou em cena com sua nova versão do gênero.

Os ataques não são só muito fortes, mas o dano aumenta devido a implementação de uma barra especial que enche ao decorrer da batalha.

Isso, junto com uma jogabilidade única e impressionantes 12 lutadores, fez com que o jogo virasse um fenômeno. Você é bom o bastante para derrotar o SHIRO TOKISADA AMAKUSA?

SAMURAI SHODOWN II (1994)

SAMURAI SHODOWN II expandiu a emoção de se lutar adicionando a rolagem para frente e para trás, um jeito de se esquivar de ataques, e um ataque que quebra a arma do oponente.

Essas adições elevaram as batalhas a um novo nível de complexidade.

HAOHMARU luta contra seu rival GENJURO KIBAGAMI, e mais um adicional de três personagens, trazendo ao todo 15 lutadores.

SAMURAI SHODOWN III (1995)

SAMURAI SHODOWN III mudou a franquia melhorando a jogabilidade e o sistema. Jogadores agora podem escolher entre dois diferentes modos de luta para cada personagem. Slash e Bust.

Os fãs podem também escolher entre três níveis na hora de escolher o capítulo (Iniciante, médio e difícil).

Tudo isso adicionou muito mais complexidade ao jogo. Em SAMURAI SHODOWN III, 12 lutadores brigam para dar fim ao reinado de ZANKURO MINAZUKI.

SAMURAI SHODOWN IV AMAKUSA’S REVENGE (1996)

Entre as diversas edições SAMURAI SHODOWN IV AMAKUSA’S REVENGE introduz um combo de 14 golpes e Rage Explosion (junto com o Fatal Flash e o Link Slashes).

Além disso, a campanha solo apresenta diversos finais, cada final depende de quanto tempo o jogador leva para terminar a campanha.

O jogo possuiu 17 personagens, nomes como SHIRO TOKISADA AMAKUSA está de volta, só que mais fraco, já que seu espírito se dividiu em dois.

Se ele conseguir juntar novamente suas duas partes, o mundo será para sempre tomado pela escuridão.

SAMURAI SHODOWN V (2003)

SAMURAI SHODOWN V introduz quatro novos personagens incluindo MINA MAJIKINA e YOSHITORA TOKUGAWA, levando o total a 24 personagens.

A sequência também trouxe novas funções como o Sword Gauge e o estado de meditação chamando Concentration One.

SAMURAI SHODOWN V volta às raízes da franquia, como um foco primordial em golpes devastadores e esquivas rápidas.

SAMURAI SHODOWN V SPECIAL (2004)

SAMURAI SHODOWN V SPECIAL foi o último jogo vendido para o NEOGEO. Todos os personagens possuem um ataque devastador.

O título trouxe mudanças no balanceamento para dar aos jogadores a emoção e expectativa que tanto esperavam da franquia.

Com quatro novos personagens, o título tinha um total de 28 lutadores.

SAMURAI SHODOWN V PERFECT (título inédito)

Embora a jogabilidade de SAMURAI SHODOWN V SPECIAL tenha ficado intacta, esse novo jogo traz uma nova história e um final inédito.

Continuar lendo

Outros Games

Pesquisa do “The Mobile Gaming” aponta que mais de 80% dos brasileiros utilizam dispositivos móveis para jogos

Publicado

em

Por

A indústria de jogos vem ganhando espaço no cotidiano das pessoas, sobretudo agora, no período de isolamento social que vivemos, por conta da pandemia de covid-19.

Nesse cenário, com a expansão das redes 5G, os jogos para dispositivos móveis ganharam ainda mais protagonismo na vida das pessoas.

É o que aponta a pesquisa The Mobile Gaming, realizada pela AdColony, líder no segmento de publicidade em vídeo in-app e representada pela Adsmovil com exclusividade na América Latina.

Os dados coletados indicam que mais de 84% dos entrevistados têm o hábito de jogar, em pelo menos, um dispositivo móvel.

The Mobile Gaming

The Mobile Gaming

80% dos brasileiros jogam em dispositivos móveis!

O levantamento, que foi realizado com 4,2 mil pessoas, mostrou também que os brasileiros que jogam em dispositivos móveis dedicam, em média, cinco horas de seu dia a essa atividade.

Quando analisado por faixas etárias, o mapeamento mostra que os jogos em smartphones não são preferência apenas do público mais jovem.

Entre os entrevistados que se dizem adeptos da prática, 25,5% têm de 16 a 24 anos; 30,7%, de 25 a 34 anos; 23,7%, de 35 a 44 anos; e os com mais de 45 anos somam 20,1%.

The Mobile Gaming

The Mobile Gaming

A pesquisa mostra, ainda, que 68,9% das pessoas que jogam em dispositivos móveis têm ensino médio, 22,3% contam com graduação universitária, e outros 7,2% são certificados no nível de mestrado.

Quando observadas as diferentes atividades online realizadas pelos jogadores, a busca por um produto ou serviço que deseja comprar é feita por 93,4% dos entrevistados, e a visita a um site ou loja de varejo on-line, por 92,8%.

Principais atividades on-line dos jogadores de celular

The Mobile Gaming

The Mobile Gaming

Esse comportamento dos usuários mostra o potencial que os anúncios em jogos móveis podem ter para as marcas. Além de oferecer uma possibilidade de segmentação muito maior que a de outras plataformas, esse canal traz, ainda, a segurança de que os anunciantes conseguem determinar, exatamente, onde sua campanha será exibida”, ressalta Alberto Pardo, CEO e fundador da Adsmovil.

Quando é observado o hábito de compra dos jogadores desses dispositivos, a aquisição de viagens lidera a lista, com 48%, seguida de carros (42%), smartphones (41%), TVs (40%), laptops (33%), jogos de computador (31%) e console de jogos (25%).

Eis os principais insights da pesquisa:

  • 67,8% dos adultos jogam em dispositivos móveis;
  • 53,7% dos jogadores são mulheres;
  • 30,7% dos usuários têm entre 25 e 34 anos;
  • 69% dos jogadores on-line estão no ensino médio, enquanto 22% cursam universidade;
  • 59,9% do total da amostra escolheu os jogos de ação e aventura como o tipo preferido. Seguido por jogos de corrida (47,7%) e de esportes (47,3%);
  • 74% realizam compras on-line;
  • 89% usam o celular enquanto veem TV;
  • 93.4% procuram por produtos ou serviços que desejam comprar.
Continuar lendo

Outros Games

King Of Fighters R-2 e Samurai Shodown! 2 é lançado para Nintendo Switch

Publicado

em

Por

A SNK Corporation anunciou nesta sexta-feira (07), que os jogos King Of Fighters R-2 e Samurai Shodown! 2 já estão disponíveis para jogar no Nintendo Switch em formato digital para download via Nintendo eShop.

Em 1999, a SNK lançou o NEOGEO POCKET COLOR, um console portátil. E finalmente, alguns desses fantásticos clássicos estão chegando ao Nintendo Switch através do NEOGEO POCKET COLOR SELECTION.

Os jogos não apenas foram perfeitamente emulados para lembrarem suas versões originais, mas o avanço na tecnologia fez com que seja possível jogar junto com amigos com apenas uma cópia do jogo.

Agora, King Of Fighters R-2 e Samurai Shodown! 2 se juntam ao popular SNK GALS’ FIGHTERS no Nintendo Switch.

Site oficial: https://www.snk-corp.co.jp/us/games/ngpcs

Continuar lendo

Trending

X