Siga nossas redes sociais

Free Fire

LDZinn é a nova promessa do mundo dos games

Publicado

em

Por

Leonardo LDZinn é o mais novo talento do mundo dos games. Com apenas 16 anos, foi revelado durante a X1, competição criada pelo streamer Buxexa, que tem como objetivo destacar novos nomes do Free Fire.

Sua atuação foi extremamente comentada na comunidade do game, repercutindo nas redes de outros jogadores que já têm carreira consolidada. O jogador também foi apadrinhado pelo também streamer Piuzinho e agora tem um contrato com a Nimo TV.

Foram apenas seis meses da sua primeira partida de Free Fire até entrar na X1 e sua vida mudar completamente. LDZinn se destacava cada vez mais, com jogadas que impressionavam até os jogadores profissionais.

Era tanto talento, que começaram a desconfiar que tinha programas de cheat (ferramentas que ajudam a melhorar o desempenho durante as partidas) por trás do jogador. Foi quando Piuzinho resolveu intervir.

“Eu assistia às partidas impressionado com o talento e ver a forma como ele rebatia a comunidade que o acusava de usar bot, mexeu comigo. Quando chegou na final, não pensei duas vezes, convidei para ele jogar da minha casa, do meu PC. Depois disso, é só história”, conta Ricardo Piuzinho. “Ele é muito tímido e logo percebi que ele estava muito nervoso. Mas conforme o jogo foi acontecendo, ele pegou confiança e venceu mais uma. Como a gente falaria durante uma partida: ele amassou os adversários”, complementa.

A repercussão das partidas foi tanta que, além de ser apadrinhado por Piuzinho e ver seu jogo comentado por todos os grandes gamers do Free Fire, fechou contrato com a Nimo TV. “A plataforma sempre acreditou em novos talentos e buscamos dar o suporte que precisam para chegar ao sucesso.

Assim que acabou a final do X1, sentimos que era o momento perfeito para fazer a proposta e agora é oficial: LDZinn faz parte do hall de talentos contratados da Nimo”, comemora Rodrigo Russano Dias, gerente de Marca e PR da plataforma.

Para assistir às transmissões do LDZinn basta clicar neste link.

Já nasceu para brilhar

LDZinn

Com um pé no sucesso desde muito cedo, LDZinn era uma das promessas do futebol e já tinha um contrato com o Bangu, mas acabou trocando os gramados pelos jogos eletrônicos. Para começar a jogar, pediu para o pai um computador de presente de Natal e avisou “você não vai se arrepender, pai. Isso vai mudar a minha vida”. E assim foi.

“Meu pai tinha um trato comigo e com os meus irmãos. Tirando notas boas e passando de ano, ganhávamos um presente legal de Natal. Quando pedi um computador, meu pai pegou todo o 13º salário dele para nos dar um PC, simples, mas já era um começo”, conta LDZinn.

Revezando com o irmão para jogar Crossfire, um game para computador na qual as equipes precisam cumprir metas de acordo com a missão escolhida – cada um tinha 4 horas para jogar, com horário marcado e cronometro rodando – eles começaram a participar de pequenos campeonatos, mas foi no Free Fire que tudo mudou.

Com apenas seis meses jogando o Battle Royale, já ensaiava algumas transmissões ao vivo e estava começando a ganhar confiança no jogo quando Buxexa, que também é streamer de Frifas anunciou mais uma edição da X1, uma competição que tem como objetivo revelar novos talentos, e LDZinn entrou no jogo.

Vencendo todas as partidas, com um desempenho melhor do que muito profissional, com estratégias e jogadas impecáveis, viu seu sucesso quase se perder ao ser criticado por uso de bots, robôs que o fariam ganhar de qualquer maneira. Mesmo em meio a essas polêmicas, não desistiu e seguiu no torneio até chegar na final.

“Quando o Piuzinho me convidou para jogar a final do PC dele, não sabia nem o que fazer, mas era a minha chance de mostrar que eu não estava usando nenhum bot. Num primeiro momento, fiquei muito nervoso e achei que não conseguiria, mas peguei o jeito, concentrei e ganhei”, relembra LDZinn.

Com o reconhecimento da comunidade do Free Fire, viu sua vida mudar completamente. O jovem de São João do Meriti observou suas redes sociais ganharem mais de 250 mil seguidores em poucos dias, fechou contrato com a Nimo TV, está sendo agenciado pela Lubu Entretenimento, que é especializada em carreiras de gamers e seu padrinho nos games, Piuzinho, está ajudando com a infraestrutura para seguir a carreira de streamer.

“Levei o LDZinn para minha casa e até a gente conseguir um espaço legal para ele a família morarem, ele fica comigo”, conta Piuzinho. “A gente sabe que não precisa ter uma grande infraestrutura para ser um streamer, todos nós começamos sem muitos recursos e fomos conquistando nosso espaço. Com as oportunidades, melhoramos um microfone, damos um gás no processador do PC, colocamos um monitor bacana e assim por diante, mas se conseguimos apoio de alguém, podemos ganhar um fôlego”, completa.

Olá! Meu nome é Beatriz Chiessi tenho 27 anos, formada em Gestão Empresarial, fã de games e doramas ♥

Siga nossa Twitch

Posts Recentes

Trending