Siga nossas redes sociais

League of Legends

Os melhores campeões para subir de elo no 10.15

Publicado

em

A nota de atualização 10.15 chegou ao League of Legends nesta terça-feira (21). Sendo assim, uma série de Buffs e Nerfs foram aplicados aos campeões, então traremos os melhores personagens para subir de elo neste patch. Você pode conferir a nota de atualizações completa no site oficial do League of Legends.

Rota Topo

A rota do topo é uma rota que tem aparecido bastante campeões com o potencial de Split-push. No entanto, neste patch, campeões com uma fase de rotas bem agressivas, como: Darius, Garen e Camille são ótimas escolhas no meta pra quem gosta de jogar no Top. Além desses, o campeão Shen é um ótimo counter contra esses campeões agressivos, já que possui muito escudo, e habilidades que bloqueiam o dano destes campeões.

Shen recebeu um benefício na sua passiva, Barreira de Ki, aumentando o seu escudo de 50 – 101 para 70 – 121.

Darius é um campeão muito forte no 1v1. Agora com o Nerf no campeão Ornn, Darius e outros campeões agressivos vão se dar melhor na fase de rotas, já que campeões com muita vida e possibilidades de escapar foram nerfados.

Camille não recebeu nenhum aprimoramento, mas o Nerf no Ornn, abriu portas para que a campeã possa voltar a ser mais efetiva no Top. Camille é uma campeã com uma fase de rotas muito forte, e que dá muito dano em objetivos, trabalhando assim sua capacidade de split-push.

Caçador

O meta na jungle está mais favorável aos caçadores que conseguem escalar o jogo com ganks. No entanto, os campeões assassinos estão aparecendo muito no meta atual.

Kha’Zix recebeu um Buff no patch passado, o 10.14. Este Buff possibilitou que o Kha’Zix desse muito mais dano em campeões isolados, deixando ele um campeão muito forte pra tirar 1v1, ganhando quase de todo mundo se uma troca bem feita for realizada. Você pode conferir o buff no Kha’Zix e muito mais informações sobre o patch passado na matéria que escrevemos sobre a nota de atualização passada.

Lee Sin é um campeão que tem um gank muito forte. Um Lee Sin feedado sempre é um problema para o outro time, porém o campeão decai bastante no final do jogo. A vantagem do Lee Sin, principalmente no meta onde os Ad Carrys estão muito fortes, são as jogadas que possibilitam tirar estes campeões carregadores de posição e deste jeito ganhar a luta. Certamente uma boa opção para quem quer subir de Elo.

Graves, quando o assunto é explosão é com ele mesmo. Graves é um carregador muito forte, pois faz itens de Letalidade que explodem campeões que não possuem armadura, uma ótima opção para este meta onde topos pegam campeões carregadores ao invés de tanks. Uma nova build do Graves viralizou na internet ultimamente, onde possui muito dano e muita velocidade de movimento.

Rota Meio

Zed foi buffado no patch passado, com o tempo de conjuração da sua sombra sendo reduzido, deixando o campeão mais dinâmico e rápido na trocação. Zed sempre foi um campeão explosivo, outra opção muito viável para neutralizar os principais carregadores do time inimigo.

Swain foi um campeão que recebeu um buff bastante interessante no patch que entrou esta semana. O buff é um benéfico tanto para o Swain suporte, quanto para qualquer outra lane. Os ajustes feitos são:

  • O Alcance da habilidade Visão do Império foi de 3500 para 5500/6000/6500/7000/7500;
  • O dano da habilidade Visão do Império foi de 100/150/200/250/300 para 80/120/160/200/240;
  • O custo de mana da habilidade Visão do Império foi de 70/85/100/115/130 de Mana para 70/80/90/100/110 de Mana;
  • A habilidade Nunca mova teve seu custo de mana e seus tempos de recargas fixados nos respectivos valores de 50 de mana e 10s de recarga;
  • O tempo de recarga da habilidade Mão da morte foi reduzido de 10/8,5/7/5,5/4s para 9/7,5/6/4,5/3s, e a habilidade agora atravessa Campeões.

Yasuo também é um campeão muito forte que está na Tier List deste 10.15. O samurai já passou por diversos nerfs, mas isso não impede que continuem usufruindo muito do campeão. Sendo uma boa opção até mesmo no topo, devido ao meta de campeões agressivos.

Atirador

Ezreal é disparado o atirador mais forte há três atualizações. O atirador passou por um nerf na mobilidade no patch passado, reduzindo o tempo de recarga de Translocação Arcana, mas isso não mudou muito o campeão. Ezreal ainda possui uma troca muito forte, se saindo muito bem contra quase qualquer campeão, e melhor ainda com um suporte que tem uma pressão tão boa quanto a sua.

Caitlyn recebeu um buff que deve trazer de volta esse atirador a ser uma boa opção na rota inferior. Caitlyn nos elos mais baixos é bastante favorável, pois é um atirador muito seguro e que possui um dano explosivo no final do jogo. As alterações em questão são:

  • As alterações foram em seus atributos base, aumentando seu dano de 62 para 64 e sua velocidade de movimento 325 para 330.

Ashe é uma campeã com uma fase de rotas muito forte, tendo uma pressão tanto na rota quanto global. A ultimate de Ashe é muito boa para o meta atual, que é interessante pegar campeões carregadores que geralmente são vulneráveis, desprevenidos, e tirando-os da luta mais cedo. A arqueira também pode ajudar o caçador aliado a invadir a selva adversária, garantindo vantagem no jogo como um todo.

Suporte

Thresh mesmo tendo tomado um nerf, ainda continua bastante forte na rota inferior, pois as suas trocas são muito fortes. No entanto, a alteração feita no Thresh, foi com a justificativa de que o campeão estava sendo muito usado no competitivo devido sua Lanterna. A equipe do League of Legends explicou melhor no trecho abaixo:

“Enfraquecemos um pouco o poder da lanterna do Thresh, já que é uma tendência entre os profissionais maximizar essa habilidade primeiro.”

  • Tempo de recarga da Passagem Sombria foi de 22/19,5/17/14,5/12s para 22/20,5/19/17,5/16s.

Lulu é um suporte de proteção e que ajuda muito a fase de rotas em questão de dano ao atirador. Além do seu escudo, a Lulu também possui uma habilidade que melhora os ataques básicos dos aliados. No meta de atiradores que precisam ficar mais atrás nas lutas, e ter uma rota mais agressiva, Lulu é a suporte perfeita para você subir de elo.

Yummi é um boneco bastante polêmico. O campeão recebeu varias críticas sobre a sua jogabilidade ser muito fácil, pelo fato do campeão ficar invulnerável e curar bastante, nem precisando sequer se mover dentro do jogo. Porém, a equipe do League of Legends mesmo com essas críticas buffou a Yummi, transformando ela em uma campeã extremamente viável no meta atual.

“Yuumi foi esmagada pelo enfraquecimento no custo de Mana do E na 10.13, então viemos ao resgate (com muitos carinhos no queixo)! Como mencionamos neste artigo, faremos com que a Passiva seja mais importante para seu sucesso e, assim, ela precisará se arriscar mais para conceder sustentação.”

  • A restauração de mana da passiva Bater e Bloquear, sofreu a alteração de 50 – 160 (níveis 1 a 18) para 25 – 100 (+8% de Mana máximo) (níveis 1 a 18);
  • O tempo de recarga da passiva Bater e Bloquear agora foi de 20s – 8s (níveis 1 a 18) para 18s – 6s (níveis 1 a 18).

Essa foi a nossa lista dos melhores campeões para subir de elo no 10.15. Lembrando que não é apenas o campeão que vai fazer você subir de elo automaticamente, isso requer esforço e foco e além de tudo isso, não ser uma pessoa tóxica para fortalecer a comunidade ruim de League of Legends. Neste outro post fizemos algumas dicas de como subir de elo, não deixe de conferir.

Você pode conferir a nota de atualização completa do 10.15 no site oficial do League of Legends na íntegra.

League of Legends

Worlds 2020: INTZ vence Liquid e joga desempate contra a Mad

Publicado

em

Por

A INTZ venceu sua primeira partida no Worlds 2020 e ainda contra o adversário que é considerado um dos mais fortes do grupo, a Team Liquid.

Diferente das outras partidas, todos os jogadores conseguiram mostrar o porque mereciam estar neste mundial. Novamente com uma performance maravilhosa, “Tay” dominou o topo e junto com “Redbert” e “Shini” criaram as jogadas que deram a vitória para a equipe brasileira.

Composições dos Times

comp-intz-liquid

Com um jogo mais acelerado a INTZ buscou logo cedo os abates e conseguiu abrir a placar após uma luta próximo ao covil do Dragão.

“Shini” saiu com o first blood em cima do “Broxah” e com a chegada do “Tay” usando o teletransporte foram pra cima da Ashe e conseguiram mais uma eliminação e um ótimo começo para a equipe brasileira.

Deste modo o jogo seguiu com a INTZ buscando abates enquanto a Liquid se defendia e captava recursos.

No meio do jogo a Liquid já estava a frente no ouro, assim como nas outras partidas que a INTZ fez. Mas desta vez a equipe brasileira conseguiu alguns pickoffs na partida o que possibilitou um barão.

Com o barão em mãos a INTZ conseguiu conquistar mapa, e acabaram com as linhas de defesa da Liquid.

E depois de uma boa luta na rota do meio a INTZ desceu para o dragão, fez o buff e resetou. Agora o jogo já estava encaminhado, partiram rumo ao segundo barão fizeram o buff e a Team Liquid que só tinha o inibidor da rota de baixo viu suas torres caírem e o Brasil sair com a vitória.

Veja os melhores momentos:

Desempate contra a MAD

Agora a INTZ joga a série de desempate contra a MAD LIONS e depende só de si mesmo para permanecer viva no mundial de League of Legends. O jogo será após o confronto entre Legacy Esports (OPL) e a (TCL) Papara SuperMassive.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: INTZ se complica com a terceira derrota no mundial

Publicado

em

Por

No segundo dia do Worlds 2020, a equipe brasileira INTZ se mostrou apática e fez o seu pior jogo no mundial. Por outro lado, os turcos da SuperMassive apresentaram um jogo dominante desde o início da partida. Deste modo, foram apenas 27 minutos para a equipe turca sair com a vitória.

Confira alguns detalhes da partida.

Composições dos Times

intz-sup

A SuperMassive montou um equipe para “scaling” e a missão da INTZ era neutralizar essa estratégia no early game.

Nos primeiros minutos do jogo o topo da INTZ estava bem avançado e foi pego por um gank do jungle da equipe inimiga, mas a INTZ não deixou barato e logo cobrou um abate contra a Lulu do “Bolulu” na rota meio.

A INTZ conseguiu o primeiro dragão, como nas outras partidas, mas quando resolveram fazer o arauto, uma luta estourou no topo assim que o arauto foi morto e a SuperMassive saiu com a vantagem deixando três abates nas mãos do Shen o que iria dificultar muito a rota do “Tay” com se Renekton.

Na tentativa de cobrar o topo da SuperMassive, a equipe inteira da INTZ partiu para um dive, mas o topo “Armut” estava muito bem preparado. Após “Redbert” errar a iniciação com sua Leona o jogador inimigo conseguiu sair bem das habilidades da equipe brasileira e ainda conquistou mais dois abates.

Com um Shen gigantesco e um Hecarim extremamente forte a equipe da SuperMassive dominou os outros objetivos, fez todos os dragões e conquistou a alma da nuvem, derrotou o barão e com a vantagem de jogo partiu rumo a base da INTZ e acabou com a partida.

Veja os melhores momentos:

INTZ se complica no Mundial de League of Legends

Para sonhar com a permanência na competição a equipe brasileira depende de uma combinação de resultados e torcer para que os times não pontuem duas vitórias no grupo.

Nos jogos de ontem (25) a equipe brasileira conseguiu alguns bons momentos, bem diferente do que vimos hoje.

O jogador “Shini” comentou sobre a sensação de inferioridade que a equipe sente e que as derrotas deixam ele com vontade de chorar. A equipe está sendo extremamente cobrada nas redes sociais, por bons e maus torcedores.

O próximo jogo da INTZ será contra a Team Liquid na segunda-feira (28) às 07h.

Continuar lendo

League of Legends

Worlds 2020: Intz termina o primeiro dia com duas derrotas

Publicado

em

Por

Infelizmente o primeiro dia não foi dos melhores para Intz. Mesmo com bons desempenhos individuais a equipe não conseguiu vencer o time que é considerado o mais “fraco” do grupo a Legacy Esports.

A partida contra a Legacy foi quase um replay do primeiro jogo. Onde a Intz começou perdendo o early game ao deixar a equipe da oceania abrir vantagem em ouro e assim conseguir sua vitória.

Composições dos Times

picks-intz-legacy

A Intz montou uma composição de “scaling” e apostava no Vladimir do “Tay” e o Ezreal do “Micao”.

Mas, assim como no jogo anterior a equipe ficou muito atrás em ouro, mesmo fazendo boas lutas e conseguindo alguns abates.

O jungle “Shini” dominou os dragões e garantiu a alma para a Intz, mas cada movimento da equipe brasileira era muito punido pela Legacy. Em um momento ao perder prioridade do dragão o jogador topo da Legacy utilizou seu teletransporte e conseguiu abrir o inibidor da rota topo. Desta forma eles neutralizavam qualquer tentativa de voltar ao jogo da equipe da Intz.

Por fim, a equipe da Legacy conseguiu uma luta 4×4 já que foçou o “Tay” no topo contra a Camille, e sem o Vladimir a equipe da oceania conseguiu elimitar os 4 jogadores da Intz e garantir o dragão ancião e seguiram rumo ao barão.

Com os dois Buffs não mão a Legacy partiu em direção a base inimiga, destruiu todos os inibidores e o nexus da equipe brasileira.

Veja os melhores momentos:

Começo de jogo complicado

A equipe da Intz está tendo um começo de jogo muito difícil, os times estão conseguindo uma vantagem de ouro muito grande e isso está pesando bastante no decorrer do jogo. A equipe consegue lutar bem e mesmo na desvantagem de ouro, consegue vencer algumas lutas.

Agora é acertar esse early game porque ainda teremos mais dois jogos um contra a Papara SuperMassive amanhã (26) às 06h e na segunda-feira (28) enfrentaremos a Team Liquid as 07h pelo Mundial de League of Legends de 2020.

Continuar lendo

Trending

X