Siga nossas redes sociais

Valorant

Valorant não terá sistema de banimento de agentes, novo modo de jogo e muito mais no Pergunte ao Valorant #2

Publicado

em

Nessa quinta-feira (2) a Riot Games publicou o segundo “Pergunte ao Valorant”. Trata-se de uma série de perguntas feitas pela comunidade a cada duas semanas sobre o futuro do FPS.

E como já é esperado, nós aqui do The Game Times separamos as perguntas mais relevantes para você ficar ligado no que está acontecendo no mais recente jogo da “Rito Gomes”.

Nessa edição, algumas das perguntas foram relacionadas a um novo modo de jogo que poderia ser lançado futuramente. Um sistema de banimentos parecido com o de League of Legends, já que se trata do mesmo estúdio. Alguma mudança na mecânica de recuo das armas e escolha de mapas no menu.

valorant-phx-jett

Quando irão lançar um novo modo de jogo?

Essa foi uma das perguntas feitas pelos fãs, existe alguma possibilidade de algum modo de jogo no estilo todos-contra-todos ser lançado no futuro? Jared Berbach, Produtor Chefe dos Modos de Jogo respondeu:

Traremos um modo nesse estilo para VALORANT no futuro, com certeza. Ainda não temos uma data planejada, mas estamos trabalhando ativamente na tecnologia que ditará esse modo, bem como em seu design, interação, protótipo e fase de testes.'”

Haverá algum sistema de seleção de mapas ou banimentos?

Agora uma pergunta que foi respondida que provavelmente muitas das pessoas que curtem League of Legends e chegaram recentemente para jogar Valorant é: E o sistema de bans? A resposta do Designer de Jogos Sênior, Trevor Romleski demonstrou que o estúdio não tem interesse em fazer uma rodada de banimentos, já que isso iria influenciar muito a estratégia dos jogadores na hora de montar uma composição. Porém, ele disse que já se passou pela mente deles fazer uma fase de seleção. Confira a resposta abaixo:

Já consideramos fazer uma fase de seleção, mas gostaríamos de não ter banimentos. Vou explicar com mais detalhes: as equipes têm jogadas e estratégias já montadas que precisam de certos agentes para funcionar. Se um agente específico fosse banido, jogadas inteiras seriam invalidadas, e não queremos desencorajar a formação de estratégias por conta disso.

Em segundo lugar, é normal ver o melhor agente de um jogador ser removido na fase de banimentos, e queremos que nossos jogadores especialistas em um certo personagem possam usá-lo e mostrar suas habilidades. Por fim, como VALORANT não tem agentes específicos que servem para contra-atacar diretamente os demais (já que isso não faz parte da nossa filosofia de jogo), acreditamos que o jogo permanecerá mais saudável se nos comprometermos a não deixar que agentes ou estratégias focadas neles sejam tão opressivos ou difíceis de lidar a ponto de usarmos o sistema de banimento como nossa única resposta viável para resolver isso.'”

A mecânica dos tiros continuará a mesma?

Alguns dos fãs de Valorant que já são familiarizados com FPS notaram que o recuo das armas são bastante semelhantes. O fato da trajetória da bala ser o mesmo para todas as armas, facilita muito e acaba deixando o nível de dificuldade do jogo menor. A resposta de Trevor Romleski foi:

No momento, não, mas acredito que podemos amenizar um pouco o impacto de tiro em alguns casos extremos. Por exemplo: um tiro a longa distância de uma pistola ou escopeta que causa pouquíssimo dano ao agente, mas que acaba tendo um grande impacto no posicionamento de sua mira.”

Essas foram algumas das perguntas mais relevantes feitas na segunda edição do “Pergunte ao Valorant”, para conferir a edição completa basta acessar a página oficial.

Valorant foi lançado oficialmente no dia 2 de junho de 2020 e já conta com milhares de jogadores apaixonados pelo novo First Person Shooter da Riot Games.

Me chamo Erik, mais conhecido nos games como ”Sapo Guru”. Tenho 17 anos, sou um amante de games e filmes, pretendo ser roteirista e adoro feedar no LoL!

Trending